sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

O Som do Verão - MENSCH ENTREVISTA: Felguk


A dupla de cariocas, FELGUK, tem sido considerada um dos maiores nomes da e-music nacional, com um som de estilo próprio, atingiram logo repercussão internacional, que ocasionou, inclusive, parcerias com artistas consagrados, como a rainha do pop Madonna, assim, os colocando no seleto grupo de top DJs e produtores de música, como Benny Benassi e Paul Oakenfold. O projeto de Gustavo Rozenthal e Felipe Lozinsky possui um gênero próprio, sempre recebendo uma resposta calorosa do público, com produções graves e ao mesmo tempo melódicas, o que levaram a correr o mundo em países como Estados Unidos, Canadá e México. A MENSCH interessada em boa música resolveu fazer uma entrevista exclusiva com a dupla, para saber mais sobre o som que está circulando o Brasil e o mundo.
Porque a dupla chama-se FELGUK?Felguk é uma junção dos nossos nomes Felipe e Gustavo.
Quando surgiu a paixão pela profissão de DJ? Quais são as suas influências de vocês? 
Sempre gostamos de música eletrônica e também de tecnologia, sintetizadores, programas de edição de áudio, etc. Gostávamos dessas coisas e o resto aconteceu naturalmente. Tudo nos influencia de alguma forma, gostamos muito de rock, de pop, de diversos estilos de música eletrônica e com certeza tudo o que ouvimos influencia de alguma maneira nosso trabalho.
Que estilo que vocês preferem seguir?
A gente não se prende a isso, nosso estilo base foi o electro - house, mas sempre misturamos com outros elementos, nossa última música tem guitarras, 2nite tem um vocal de rap muito bom, outras já tem uma pegada mais pop que a gente curte bastante, as possibilidades são infinitas, não faz sentido se limitar a um estilo.
Como foi ter sido considerado a sensação de 2010, quando vocês estouraram?
2010 foi importante pois pudemos tocar em muito mais lugares, nosso trabalho pode ser conhecido por muitas pessoas novas, mas não consideramos que estouramos em algum momento. Desde o início a gente vem produzindo, fazendo nosso trabalho com seriedade e dedicação, a partir daí as coisas foram acontecendo gradativamente...
Vocês têm pouco tempo de carreira, porém já tocaram em vários locais, qual local foi inesquecível?
Em julho nossa música 2nite foi tema do maior festival de música eletrônica dos Estados Unidos, o Eletric Daisy Carnival, em Los Angeles. Fomos convidados para tocar lá e foi incrível, o festival é enorme com público total de 200.000 pessoas... Foi demais!
Qual diferencial que vocês acreditam ter em relação aos outros DJs?
Acreditamos que ter produzido nossas próprias músicas desde o começo, com um estilo próprio tenha nos diferenciado. A gente sempre buscou ter uma linha própria, ingredientes marcantes que façam as pessoas ouvirem e saberem que aquele som é nosso.
O que é fundamental para ter uma boa vibe com o público?
Tem que estar ali por que gosta mesmo daquilo, não importa onde, nem pra quantas pessoas, tem que estar em sintonia. No nosso caso a interação é o ingrediente principal, é uma troca, não da pra ficar só tocando sem “conversar” com o público.
Vocês gravaram "Celebration" de Madonna pro recente CD dela. Como foi criar para Madonna?
Foi tudo muito profissional, mas foi uma experiência e tanto que alavancou muito nossa carreira. Era um grande desafio, mas todos ficaram muito satisfeitos com o resultado. Não tem como negar que ser convidado para trabalhar com um artista desse porte é muito gratificante.

Surgiu algum outro trabalho internacional decorrente desse trabalho com Madonna? 
Depois de ter remixado pra Madonna a gente teve muita exposição, dentro e fora do Brasil, mas não foi um fato isolado, a gente já vinha fazendo um trabalho que estava cada vez mais conhecido e depois dela continuamos lançando nossas próprias músicas… Tudo isso junto fez com que a gente tocasse mais vezes fora do Brasil e recebesse outros convites como remixar o David Guetta.
É difícil se permanecer no top nessa área? Como vocês pretendem se manter?
É difícil se manter no auge, por isso acreditamos que ainda não estamos nele. Estamos sempre em ascensão buscando crescer mais. A gente busca se manter produzindo sempre coisas novas, buscando inovar sempre na apresentação. Não da pra ficar parado, nada iria acontecer se a gente ficasse tocando a música da Madonna para sempre.
Quais os novos projetos? O quem tem de novo vindo por aí?
Estamos começando o projeto do nosso 1º disco, que deve sair agora em 2011. Já temos algumas coisas, mas ainda está bem no início. O que vem por aí são muitos shows, a gente gosta muito da Estrada e nossa agenda nos enche de orgulho. Tocar em cidades e países que a gente ainda não foi é o que mais queremos fazer daqui pra frente.
Video "Side by Side":

Texto: André Lima


2 comentários:

  1. nao sabia nem um pouco da historia de voces e agora gosto mais ainda sucesso

    ResponderExcluir
  2. TENHO 2 FILHOS DJS E ELES SE ESPELHAM NA HISTÓRIA DE VCS.ESSE MUNDO É MUITO DÍFICIL E COMPETITIVO E AS OPORTUNIDADES SÓ CHEGA PELAS AMIZADES QUE OS DJS TEM.PARABÉNS E SUCESSO AOS 2 E ESPERO VER OS MEUS FILHOS NESSE PATAMAR TAMBÉM ,BJS E SUCESSO!

    ResponderExcluir