ESTILO



A forma como nos vestimos diz muito mais sobre nós do que imaginamos. E isso no trabalho esse é um "detalhe" que pode fazer toda a diferença, para melhor ou para pior. Saber qual a roupa ideal para o trabalho é uma dúvida muito comum hoje em dia. Pois cada vez mais as empresas têm adotado posturas menos conservadoras, especialmente em regiões mais quentes do país. Então muitas vezes ao invés de ajudar termina se criando mais dúvidas, pois nem todas as empresas adotam essa postura. Mas principalmente é importante observar três requisitos básicos, a profissão, o cargo e a empresa em que você trabalha (ou vai trabalhar). Em geral a roupa de trabalho ficou mais "relaxada" e flexível em muitos casos. Muitas empresas permitem que seus funcionários usem jeans como traje do dia a dia, em se tratando de funções e empresas menos formais. 

O importante é se vestir de forma que as pessoas percebam qual o seu cargo na empresa, já que partimos do princípio que a roupa projeta uma imagem de nós mesmos. O que vai variar, como falamos, é o tipo de trabalho que a pessoa exerce. Por exemplo, advogados e empresários de grandes corporações não tem como fugir do habitual terno, mesmo em regiões quentes. Já arquitetos, publicitários ou profissionais das áreas de cultura têm mais liberdade na hora de escolher o que vai usar. No caso deles, muitas vezes quanto mais "descolado" mais legal parece ser a pessoa. Porém, sempre com o básico de bom gosto e coerência.
Mas voltando aos mais formais, deve-se sempre usar o bom senso na hora da escolha do que vestir. Bermuda (por mais bonita e social que ela seja), calça jeans rasgada ou modelo skinny, camisetas gola V e chinelos são proibidos em um traje de trabalho. Diante disso, o homem deve se vestir de maneira adequada levando em conta também o horário de seu serviço, local e tipo de atividade que exerce. Outro ponto fundamental para o sucesso de suas produções é analisar a maneira que os demais empregados se vestem para que exista uma certa harmonia, e você não corra o risco de pecar por exageros em luxo ou falta dele destoando dos demais colegas de trabalho.

Nos ambientes corporativos de trabalho mais formais, trajes sérios e elegantes são fundamentais para manter uma boa aparência. Costumes em tons escuros e cortes certos garantem seu estilo adequado. A peça-chave do guarda-roupa masculino é o terno. Apesar de, para você, parecer ainda mais difícil se vestir com trajes sociais todos os dias para trabalhar, a situação é bem mais simples do que você possa imaginar, já que seu look básico se torna praticamente um uniforme e não perde muito tempo pensando no que usar. Suas opções limitam-se à escolha de cores e as combinações entre calça social, camisa, paletó e gravata apenas. Aliás, a gravata é que vai dar um diferencial, pois trará um toque mais pessoal ao look. Para esse estilo é aconselhável que se tenha ternos e costumes de cores sóbrias como azul marinho e cinza. A cor da camisa ideal é a branca ou cores claras com listras discretas, e os sapatos de preferência pretos. Lembre-se que cinto e meia devem combinar com os sapatos.

Se a roupa diz muito quem somos, às vezes você deve usar isso a seu favor se vestindo para projetar uma imagem, já a roupa nos permite isso. É uma forma diferente de encarar o guarda-roupa de trabalho que termina nos mostrando que a moda pode, sim, ser prática e refletir os anseios de cada um. Isso sem precisar fazer grandes sacrifícios para estar bem-vestido, e o melhor, sem gastar muito. Para isso basta escolher as peças ideais que melhor se encaixem no seu perfil e do seu ambiente de trabalho. Outra dica importante, antes de se vestir, confira sua agenda os compromissos para aquele dia. Caso tenha uma reunião ou encontro com funcionários de outra empresa onde o traje formal seja exigido, o melhor a fazer é investir em um look mais elaborado com ternos ou costumes.
Pensando nisso, se as suas atividades forem normais, você pode escolher as roupas como de costume. Aquelas combinações clássicas informais mais indicadas para a rotina na empresa que vão de uma simples calças jeans, à blazers, jaquetas, sapatênis, camisas e camisa pólo básica. Não tem erro. Por falar em erro, evite usar camisetas estampadas, a não ser que você seja, ou queira parecer, estagiário ou bastante jovem e trabalhe em uma atividade mais descontraída. É importante lembrar que mesmo mais relaxadas, as regras de moda para escritórios mais descontraídos não são as mesmas das que regem os seus passeios no final de semana, portanto, bermudas e camisas de time de futebol são proibidas para a sua rotina de trabalho. Isso também fica de fora.

A ROUPA CERTA PARA CADA ESTAÇÃO

Sabemos que cada estação pede um tipo de roupa, se é inverno, usamos roupas de tecido mais grosso e mais peças de roupas, se é verão, roupas leves e cores mais variadas são o básico. Porém alguns detalhes são importantes de se observar de acordo com a estação:

VERÃO – Talvez a estação mais difícil de se manter na linha, especialmente para quem mora no Norte e Nordeste. Escolha jeans mais leves, já que o calor é mais intenso durante o dia inteiro, e nos pés, use dockside ou mocassim (sem meias). Os tênis mais básicos também são confortáveis e estilosos. Já para quem não tem escapatória e usa terno, escolha os que são feitos com lã fria, que não superaquecem. E use uma camiseta básica por baixo para absorver o suor. Se você é daqueles que sua muito, lembre-se de levar uma camiseta extra, caso tenha uma reunião ou encontro de negócios no mesmo dia.

INVERNO – Quando chega o inverno é mais fácil ficar elegante. Se a pedida é formal, os costumes são os mais indicados. Se possível (e necessário) coloque um suéter ou sobretudo para aquecer. Se o estilo é mais informal, escolha um bom jeans escuro e peças clássicas como uma camisa com blazer, que vão substituir o paletó. Se o estilo é mais informal, a boa calça jeans que pode ser combinada com moletom, jaqueta de nylon, jaqueta de couro, cardigã, blazer... vai depender do seu estilo e de onde você trabalha.

É isso, dosando estilos e maneiras de usar visando o tipo de trabalho que você faz, e o local, com poucas peças você estará sempre bem vestido. Na hora de escolher suas roupas nas lojas, pense sempre de que forma elas serão usadas no trabalho. Lembrando que quanto mais discretas e básicas elas forem, melhores maneiras de combiná-las entre sí. Não tem mistério, basta ter bom senso e se adequar da melhor forma à sua realidade de trabalho.


Fontes:
Chic - Glória Kalil
Guia VIP
Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

_____________________________________________________________________________________________________

O terno está para o homem assim como o vestido de gala está para a mulher. Uma gravata faz um homem se sentir tão poderoso quanto uma mulher em salto 15. Não importa se é gordo, magro, alto ou baixo, um terno imprime elegância, status, masculinidade e atrai os olhares femininos. Mas para fazer bonito mesmo dentro de um terno há várias considerações a serem feitas para que a peça caia como uma luva para o homem que usar. Por mais que se fale sobre o assunto sempre existiem dúvidas, e pensando nisso a MENSCH resolveu fazer esse guia completo sobre ternos. Para isso fomos atrás de solucionar as dúvidas mais comuns dos homens. Para nos auxiliar nessa matéria contamos com a participação especial de dois profissionáis da área, Heraldo Mazza, dono da marca masculina Mr. Kitsch, e Charles Vilaça gerente de moda masculina da loja Santo Homem. Heraldo e Charles responderam algumas questões sobre o assunto.


Os maiores erros na hora de usar um terno
Começando pelos erros... O maior e mais notável erro é no tecido e no tamanho. A dica é a lã, desde que a trama do frio seja adequada ao clima do lugar. Quanto as medida, o caimento tem de ser perfeito, por isso tem de estar atento na altura do punho, bainha, encaixe de colarinho e de ombros. A meia é outro item que não deve ser esquecido. É preciso lembrar que ela deve ser uma extensão da calça ou da camisa e não deve contrastar com a cor da calça. "Seguindo estas regras você estará sempre bem vestido independente da label que esta usando." Diz Heraldo Mazza.

Na hora da compra
São três itens que devem pesar na hora da compra: o corte, sempre pensando no caimento; a composição do tecido, e aí vale a dica de que quanto mais sintético for o tecido, menor qualidade, conforto, durabilidade e impacto visual e claro, o acabamento. A diferença de acabamento fica por conta do forro na parte interna frontal das pernas, esse detalhe proporciona conforto e proteção. "Quanto ao acabamento é fundamental observarmos detalhes visíveis que fazem a diferença no decorrer do uso. Forro na parte interna, frontal das pernas, proporciona conforto ao caminhar e protege a pele da fricção direta com o tecido." Diz Charles Vilaça

Combinações que dão certo
- Eventos sóbrios pedem cores discretas, eventos informais, cores mais alegres;
- Modelo de corte slin sem gravata se torna chic e despojado.
- Terno com uma malha básica de manga curta ou até mesmo longa e um mocassim.

Combinações que são um desastre
- Cores fortes em todas as peças
- Diferenças nos fios
- Evento formal com proposta de look casual
- Modelo apertado que marca a barriga ou comprometa o caimento e o movimento dos braços;
- Modelo para um tamanho diferente de quem tá vestindo


A gravata
Na hora de escolher a gravata fique atento à harmonia do conjunto e a sua própria personalidade, não use gravatas divertidas se esse não for seu estilo. A gravata pode combinar com a camisa, se o look for mais clássico e com o terno se a idéia for se sentir mais seguro e não chamar atenção. Os mais descolados podem fazer sobreposições e contrastes de cores. Segundo Heraldo "No verão e quanto mais informal for a ocasião. A melhor a pedida sem gravata é um modelo de corte slin, se torna chic e despojado." Já segundo Charles "Em ocasiões onde a mesma não é exigida, viagens, passeios, festas... Podemos usar um terno com uma malha básica de manga curta ou até mesmo longa e um mocassim. Em casos de trabalho o mesmo define a necessidade."



Os botões

Se você tem dúvidas quanto ao número "certo" de botões de um terno a dica é simples, quem dita a quantidade é a moda da época. Atualmente a pedida é o terno de dois botões.

Um botão fica mais moderno, porém tem prazo de validade e pode não cair bem para os mais gordinhos; três botões são para um visual mais clássico e quatro em modelo transpassado, fica muito bem porém extremamente clássico, neste caso tem a opção de um corte slin propondo um visual clássico renovado.

O modelo que se deve ter no armário
A tendência atual nos apresenta ternos de dois botões com o paletó mais curto que os habituais e lapelas mais finas. As calças estão sem pregas, mais justas e a bainha mais curta. O resultado é uma silhueta mais slim, tornando o homem mais alto e magro consequentemente mais elegante. Para os mais práticos e objetivos, um cinza médio ou grafite de lã em 2 botões já é uma boa garantia de sucesso.
Terno de trabalho
A dica básica para quem precisa usar terno no trabalho é: escolha sempre algo que combine com sua personalidade, com o posto ocupado na empresa e como são as regras da empresa que você trabalha. Segundo Charles, “Respeitar o que exige o traje da profissão é essencial e vai garantir o emprego. Algo que é fundamental em qualquer caso é saber as medidas corretas. Sem isso, não há combinação de cores certa que sustente um look adequado.” Além disso é estar adequado ao tipo de profissão e ao que ela exige, arriscar em cores, cortes ou tendências ultra modernas, por exemplo, cabe apenas aos profissionais da moda ou do "red carpet". “A informação esta aí para todos, temos muitas opções, muitas revistas com editoriais que ensinam as combinações melhores para cada um e cada ocasião. Mas basicamente a coordenação de cores e padrões, além da medida adequada para o seu biotipo, pois são detalhes que conferem bom gosto, sofisticação, informação e elegância. Fica a dica: Escolha sempre algo que combine com sua personalidade, com o posto ocupado na empresa e como são as regras da empresa que você trabalha.” Comenta Heraldo Mazza.

O pretinho básico masculino
O terno preto, mesmo parecendo básico, também tem suas peculiaridades. Por ser básico pode ser usado em qualquer estação, contudo deve-se levar em consideração o tipo de tecido. No Brasil, por exemplo, não faz sentido ternos com a tradicional lã européia, que apesar do caimento perfeito, não se adequa ao clima dos trópicos.

Para os latinos o idéia é a lã fresca, e a gabardine,chiques e funcionais. Falando em lapelas No terno preto,  são detalhes que ajudam a mudar o estilo facilmente. As lapelas pontudas sugerem ao mesmo tempo nobreza e modernidade já as médias são aceitas em todo lugar e as estreitas melhor evitar pois farão parecer que  você está usando um smoking antiquado. Quanto a camisa, o par perfeito ainda é a de cor branca, mas você pode variar com outras cores desde que sejam suaves.

Bem, basicamente o que podemos dizer é que para não ter erro, a dica é adequar o seu estilo e biotipo ao que a moda do clássico pede. Com essas dicas e sugestões não tem erro. E caso tenha, é só nos escrever: revistamensch@gmail.com.br

Fonte: Chic – Glória Kalil, Revista PLAYBOY, VIP
Agradecimentos: Heraldo Mazza – Mr. Kitsch
Charles Vilaça – Santo Homem
Ricardo Cisneiros – Glória Kalil


Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch ou baixe no iPad gratuitamente pela App Store.

________________________________________________________________________________________________

Dizem os especialistas que um sapato mal escolhido ou sem qualidade chama mais atenção que a roupa toda. Isso por que em geral roupa de homem é algo muito básico, camisa+calça+sapato, e o sapato dá todo o “suporte” na combinação. Que muitas vezes pode ser desastrosa.

Quem nunca ficou em dúvida na hora de escolher qual o melhor modelo? Qual seria mais formal ou esportivo? O dedo do pé deve bater na ponta? Que cor combina com aquela determinada calça? Pensando nisso a MENSCH preparou esse verdadeiro “dossiê” sobre sapatos. E olhe que nem falamos de tudo! Tênis por exemplo, fica de fora dessa matéria.


UM POUCO DE HISTÓRIA...
Não sei se você sabia, mas a padronização da numeração dos calçados veio do rei Eduardo 1º da Inglaterra, o mesmo que em 1305 decretou que se considerasse como uma polegada a medida de três grãos secos de cevada alinhados. Sendo assim os sapateiros passaram a fabricar, pela primeira vez na Europa, sapatos em tamanho padrão, baseando-se nos tais grãos de cevada. Um calçado que medisse, por exemplo, 37 grãos de cevada era conhecido como tamanho 37.

Hoje em dia há diversos sistemas de numeração de sapatos que variam de regiões em diferentes países e que levam em conta comprimento e mesmo a largura do sapato. Os mais usados são esses citados abaixo:

Sistema europeu: Usado na França, Itália, Alemanha e na maioria dos países da Europa continental. Para fazer a correspondência com o brasileiro, devem ser somados duas unidades. Um tamanho 40 brasileiro, por exemplo, corresponde a um 42 europeu.

Sistema inglês: É o sistema ocidental mais antigo e se baseia na polegada (2,54 cm) e separado para crianças e adultos. A numeração infantil vai de 0 a 13 e a de adultos de 1 a 13?. Não há um cálculo simples para a conversão de tamanhos para o sistema brasileiro. Um 40 nacional corresponde ao 8 na Grã-Bretanha.

Sistema americano: É um sistema próximo ao inglês. Com relação ao último, basta somar uma unidade para fazer a correspondência. Assim, um 40 brasileiro, que é 8 na Inglaterra, é 9 nos Estados Unidos.


Sistema brasileiro: No Brasil, utiliza-se uma variação do sistema europeu, ambos baseados em cálculos sobre o sistema métrico.
QUINTETO BÁSICO
A revista americana Esquire recentemente publicou um artigo sobre o tema onde ela elegia cinco modelos básicos de sapatos que todo homem básico deveria ter. Claro que isso vai depender muito de cada estilo, necessidades e perfil de cada um. Mas digamos que se existisse o “pacote básico” de sapatos, um homem poderia ter um social de amarrar (preto ou marrom ou ambos), um mocassim, um docksider, um sapatênis e um bom par de tênis (e outro par de tênis para ginástica). Claro, dependo do gosto e do estilo, uma bota e uma sandália de couro de tiras. Afinal quem tem fissura por sapato são elas, as centopéias, quer dizer, as mulheres! Cores e estilos vão depender do guarda-roupa de cada um.

Mas em relação às mulheres, os sapatos masculinos ficam em desvantagem, pois evoluem de forma bem mais lenta que os delas. Alguns dos modelos que usamos hoje surgiram no século 17 e sofreram poucas modificações. Mas isso não quer dizer que eles não evoluíram ao longo dos anos. O estilo de vida e as novas tecnologias auxiliam para que se tornarem mais leves e confortáveis. Mesmo a base do design seguindo as linhas clássicas.

Os principais tipos de calçados masculinos que encontramos no mercado são:

OXFORD - Modelo que ganhou esse nome por ter sido muito usado pelos estudantes da Universidade de Oxford. Ele é o primeiro sapato amarrado com cadarços e foi introduzido na Inglaterra em 1640. Os sapatos Oxford são caracterizados por serem um modelo fechado em que as perfurações para os cadarços são feitos diretamente no corpo do sapato, e não em abas costuradas sobre a gáspea (porção dianteira do calçado).

DERBY - Parecido com o Oxford, a diferença é que a parte dos furos para o cadarço está situada em abas laterais costuradas sobre o corpo do sapato. Isto faz com que ele se adapte com mais facilidade a todas alturas do peito do pé. Ele surgiu no século 19 e se tornou muito popular por ser muito versátil e funcionar bem com costume, Blazer e calça sem o uso de gravata. Podendo inclusive ser usado com jeans.

MONK - Estilo de sapato derivado dos sapatos dos monges (o nome inglês quer dizer "monge" em português) usados desde o século 15, mas sua versão contemporânea surgiu em 1930. Em matéria de formalidade, é intermediário entre o Oxford e o Derby. A falta de cadarços, que foram substituídos por fivela metálica, o torna fácil de ser reconhecido. Combina bem com ternos, assim como calça de alfaiataria e camisa social.

BROGUE - Brogue não um tipo de sapato, mas sim um modelo. O que o classifica assim é por conta, do perfurado decorativo que alguns sapatos apresentam. Em inglês, dependendo da extensão dos motivos perfurados, fala-se em "brogue", "semi-brogue", ou "full-brogue".

MOCASSIM - Esse nome surgiu por conta dos índios algonquinos, da fronteira dos Estados Unidos como Canadá, que batizaram seus sapatos de couro costurados a mão com pontos largos ao redor do peito do pé e sobre os dedos. Em versões  mais estruturados, são chamados em inglês de "loafer". Seja qual for o tipo de mocassim, lembre-se de que ele é um calçado casual e esportivo que deve ser usado com bermuda e calça jeans. E NUNCA use meias.

LOAFER - Inspirado num modelo usado por noruegueses na década de 30 e criado pelos americanos. Seu diferencial é uma faixa de couro com um losango vazado na parte que cobre o peito do pé. Tornou-se muito popular entre os universitários americanos na década de 50 e por isso foi considerado um dos ícones do estilo college. É um sapato casual para se usar com calça jeans ou de sarja com camisa pólo.

SIDE GORE - Esse modelo é uma derivação do loafer e vem fazendo muito sucesso nas últimas décadas. A principal característica deste modelo são as bandas largas de elástico nas laterais do calçado, ao lado do peito do pé, que dispensa o emprego de fivela, velcro, zíper ou cadarço. Os "side gore" podem ser usados tanto com calça e blazer como com jeans.

SAPATENIS - Este surgiu na onda do "casual friday", ou seja, a adoção por parte de algumas empresas da sexta-feira "casual", em que os funcionários podem dispensar terno e gravata. Ele é um tipo híbrido, que se caracteriza por não ser nem tão esportivo quanto um tênis e nem tão formal quanto um sapato. Alheios à crítica especializada de moda que os acha definitivamente cafonas, consumidores fazem deles um sucesso de vendas. O que terminou forçando alguns fabricantes criarem novos e modernos modelos e tornarem esse tipo de sapato cada vez mais bem visto.

NA HORA DE COMPRAR
Modelo escolhido, ocasião agendada, chegou a hora de comprar o sapato. Independente do modelo ou marca, uma coisa é certa, sapato tem de ser confortável desde a hora que se experimenta na loja. Nada de comprar sapato apertado esperando que ele vá "ceder", pois, no máximo, ele se adapta à largura do seu pé, nunca ao comprimento. Se o sapato é novo e você deseja usar muito o ideal é que se use ele em casa 1 hora por dia, três vezes por semana. Isso dará o ajuste necessário e você já terá uma idéia do quanto ele é confortável. Quanto maior o uso, mais macio o calçado ficará, mas atualmente isso não ocorre mais de forma tão significativa.

Por isso vale à pena prestar atenção em alguns detalhes... Por exemplo, o dedo nunca deve encostar na frente do sapato, pois isso vai ocasionar um desconforto futuro. O aconselhado é que se tenha uma distância mais ou menos da largura de um lápis do dedo até a frente do sapato. Sapatos de bico fino e forma mais alongada podem ficar com o bico um pouco levantado. Em outros tipos de sapato, quando o bico levanta, é sinal de que está muito grande.

É importante também certificar-se de estar levando o número adequado para seu conforto e,  principalmente, de provar o par. Algumas pessoas têm uma leve  diferença de tamanho entre um pé e outro. É aconselhado provar os sapatos com meias.

DISPENSE: os sapatos com detalhes como pendentes de couro, franjas e fivelas grandes. Tudo isso está fora de moda. Sapato branco é só pra médicos; sapatos cinza e marinhos não são legais, dá um efeito meio fantasioso; Sapatos de verniz não devem ser usados, ao menos se você for maestro e queira impressionar no palco; Outro detalhe para levar em consideração, sapatos com bico quadrado encurtam o pé.

Fonte: UOL, Playboy, Guia VIP de Estilo

Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb


____________________________________________________________________________________


Neste inverno, cheio de chuva e mais friozinho do que os anteriores, as botas são muito bem vindas. Dá pra usar esse tipo de calçado com muito mais freqüência, com muito mais prazer e pra encher os nossos pés de charme, mas já já acaba, então vamos aproveitar. O coringa desta estação são as botas com aparência de usada. Representando a simplicidade com muito charme, os coturnos apareceram com cadarço, ou sem, mas sempre com uma identidade meio rebelde, despojada, em couro cru, com layouts mais artesanais e rústicos.
Para 2012, as marca Lavin, Burberry entre outras grandes marcas, apostam nas botas médias como tons neutros em cinza, grafite e caramelo para um homem mais tradicional. Ótimas para o nosso clima e para qualquer hora. Já os mais ousados, podem encarar as galochas, que chegam num visual plastificado com solas amplas de cores diferentes e bicos arredondados, presentes nas coleções da Dolce & Gabbana e Burberry Prorsum.

Para os mais jovens e alternativos, reaparecem os tênis de cano alto, que desde o verão já estão dando o ar da graça. Chegam às prateleiras com toda força e em uma diversidade enorme de modelos, cores, estampas, pra quem tem um estilo mais leve e esportivo. Assim como as botas no estilo "desert boot" com solado baixinho e ideal para usar com a barra da calça jeans dobrada. Os bicolores e mais enxutinhos são os meus favoritos. O que nos resta agora é esperar os próximos eventos locais, e checar o que as marcas brasileiras vão criar, ou recriar para os pés do homem brasileiro.

Por enquanto, como vocês podem conferir, as opções são bem variadas. Para garantir o pé quentinho, sequinho e o estilo pra lá de charmoso, tem botas, botões e botinas para todo tipo de homem e para qualquer lugar. Vai encarar?

Texto: Germana Uchoa
Fotos: Divulgação

SERVIÇO:

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch e baixe no iPad gratuitamente na App Store.


_________________________________________________________________________________________________________

Começamos nosso primeiro editorial de moda e estilo pela estação mais fria do ano e selecionamos uma grande marca de real significância no universo masculino. A estação é o inverno e a marca é a VILA ROMANA. O clima esfriando, o inverno se aproximando e para esta estação a Vila Romana está apostando em peças estruturadas e modernas.

Na linha Work e Alfaiataria usada nesse ensaio exclusivo para a MENSCH pelo Top Rodrigo Galvani, o diferencial são os nobres tecidos italianos com acabamento, toque e caimento impecável. A VILA ROMANA buscou referências na década de 50, misturando modernidade e conforto; ingredientes indispensáveis na rotina do homem atual.

O editorial da MENSCH entrou na atmosfera dos anos 50 combinando com o clima cheio de bossa do Rio de Janeiro para produzir esse ensaio. Como diria Adriana Calcanhoto “Cariocas são bonitos. Cariocas são bacanas, Cariocas são dourados, Cariocas são modernos”. Homenagens à parte, qualidade na moda, versatilidade e refinamento, agrada a maioria dos brasileiros! Pensando
nisto, a releitura tornou-se o conceito desta coleção da Vila Romana! Aproveitem!







Agradecimentos:
VILA ROMANA - www.vilaromana.com.br
Modelo: Rodrigo Galvani - www.rodrigogalvani.com.br
AGENCIA - MD PRODUÇÕES E CASTING - www.mdproducoes.com
Fotos: Wagner Carvalho - www.wagnercarvalhophotographer.com.br     
Produção Editorial: Márcia Dornelles
Produção de Estilo: Márcia Dornelles
Locação: Guy Bistrô

Obs.: Clique nas imagens para aumentar
Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch


________________________________________________________________________________________________________________

Cada mais o mercado de perfumaria descobre que o público masculino está cada vez mais interessado em novos lançamentos, e acima de tudo procura fragrâncias que melhor defina seu estilo. Seja o mais tradicional, clássico, moderno ou esportista. E visando esse público que quer algo a mais que um mero perfume, algumas marcas famosas aliadas a esportes estão investindo nesse segmento aproveitando toda uma imagem já bem estabelecida do universo masculino de ação e esportes. Pegando o perfil esportivo e de ação, as marcas procuraram dar mais personalidade à suas fragrâncias procurando atrelar toques exóticos às famosas notas amadeiradas que tanto sucesso faz com o público masculino. Selecionamos quatro marcas que estão chamando atenção no mercado, confira qual melhor se adéqua a seu estilo.

Davidoff Champion 
A famosa marca de perfumes Davidoff, lança sua mais nova frangrância, o “Champion” é desportivo, masculino e com o frasco em formato de haltere, conquista de cara homens que curtem cuidar do corpo, são vaidosos e amantes de esportes. Com uma imagem sexy e poderosa, a fragrância foi desenvolvida a pensar não apenas nos desportistas, mas em todos os homens que têm um estilo de vida ativo, assente em valores como a ambição, a motivação e o sucesso. Mais do que um perfume, o “Champion” da Davidoff quer fazer parte daquele ritual diário que incentiva um homem a ir mais além, fazer mais e melhor, ser um verdadeiro campeão em tudo aquilo a que se propõe.
Sua campanha publicitária foi toda construída no universo da malhação e academias, desde o formato do fraco à embalagem do kit. Com o formato de um haltere que só reforça essa força e todo o design deste original frasco de perfume, feito em vidro e metal prateado, é um fator de destaque dentre as demais fragrâncias. Simultaneamente fresco e inebriante esta fragrância campeã está assente em notas de limão, bergamota, gálbano, salva, cedro e musgo. Para que não falte nada ao campeão, o perfume “Champion” da Davidoff inclui ainda uma linha completa de produtos, com shampoo para o cabelo e corpo, desodorizante e loção pós-barbear.


Outra famosa marca ligada a esportes de velocidade, a Ferrari, também embarcou na onda e lança seu perfume masculino. Uma fragrância para homens de sucesso, apaixonados e dinâmicos, que nasce de um explosivo acorde de limão siciliano e tangerina verde, vinculado às notas frescas e revigorantes de menta, com a sofisticada presença da lavanda. As notas de coração desempenham, como uma equipe vencedora, um estratégico papel que realça e reforça todos os aspectos da fragrância para um resultado de excelência, uma surpreendente união encantadora de tons inflamados da pimenta negra, do alecrim do Marrocos e do cardamomo do Ceilão, realçados por sugestões elegantes e misteriosas do chá preto e do gerânio do Egito. A exótica madeira Pau Santo fecha com o sugestivo aroma do cedro, que encontra a sua conclusão na coesão do toque de âmbar da índia com as favas-tonca e do almíscar. Uma mistura de origens exóticas dá a esse perfume uma personalidade muito forte que irão refletir no homem que usá-lo, demonstrando ousadia e segurança.

Ducati - Eau de Toilette Masculino
Inspirada em todas as sensações singulares que o piloto Ducati sente quando dirige sua motocicleta. A famosa marca de motos lança sua primeira fragrância masculina. Com uma fragrância verde cítrica e amadeirada, que é uma verdadeira explosão de ar, o cheiro do vento, a liberdade, a beleza de uma paisagem natural em movimento, a descoberta de novos caminhos e emoções inexploradas. Sendo assim, surge como uma nova e refinada interpretação olfativa da masculinidade: moderna, não convencional e naturalmente carismática. Uma jornada para os sentidos, assim como a moto é uma viagem de fuga para o espírito. Uma mistura frescor e masculinidade, construída através de brilhantes notas de citrus, incluindo bergamota e grapefruit, enriquecidas com o incisivo toque de zimbro e as vibrantes e metálicas folhas de angélica. O coração evolui em uma mistura singular de notas verdes de papiro, ciclâmen e folhas de figueira que cativam pela sua elegância natural. O intrigante toque picante de noz-moscada anuncia as notas de fundo e caracteriza-se por sua qualidade e exclusividade. O precioso acorde de vetiver domina a fragrância neste ponto, acompanhado da rara madeira de Guaiaco, e outras notas amadeiradas que conferem sensualidade e masculinidade à fragrância. Naturalidade, requinte e qualidade compõem a assinatura olfativa dessa primeira fragrância da Ducati.

Scuderia Ferrari

Animagical for Man
Já a marca de produtos esportivos Puma, vem com uma fragrância sensual, intensa e divertida, um convite para se entrar no jogo. Chega como uma ferramenta mágica de sedução que irá oferecer a todos os homens a confiança necessária para procurar sua parceira. As notas de cabeça são à base de maçã africana fresca Kei, com um toque de óleo de cardamomo, criando uma sensualidade exótica. No coração, uma mistura intensa e masculina de rosmaninho e manjericão verde, juntamente com a energia cintilante do abacaxi. Notas de madeiras brancas conferem à fragrância um toque sedutor de calor africano. A atitude vibrante da África e o caráter otimista e moderno da marca entram em harmonia na embalagem, divertida e visivelmente inspirada no mundo animal da Animagical, onde o natural e o mágico se juntam em uma excelente e alegre criação exótica. Ousadia na medida certa que vai do frasco do perfume ao homem que irá usá-lo.



Texto: André Porto
Fotos: Divulgação
Fonte: Puma, Sack´s Cosméticos, Davidoff Brasil


_________________________________________________________________________________________________


Garanto que uma das coisas mais comuns de acontecer é receber um convite que indica determinado traje e nos pegamos em dúvida do que seria mais indicado. Daí liga-se para um amigo que entende mais do assunto, pede-se dica a um vendedor de loja conhecido ou vai à caça em sites e revistas à procura do traje ideal. É, homem também sofre de inseguranças às vezes (eu disse às vezes) na hora de se vestir. O chamado "Dress Code", que se trata de um código de referência de como se vestir em cada ocasião tem variado um pouco. Até pouco tempo, eram usados apenas os termos: passeio, passeio completo e black-tie. Hoje os convites estão vindo com vários códigos que chegam a confundir, mas na realidade acabam sugerindo as formas clássicas de vestir. Ao mesmo tempo que fornece mais opções de combinações, no final você termina confuso e indeciso. Bem, vamos à "decodificação" do famoso "dress code" para tirar as dúvidas de uma vez.

TRAJE ESPORTE
Talvez o mais fácil de acertar por conta do nome que já diz tudo. O traje esporte é aquele ideal para programações informais, como almoços com os amigos, batizados, aniversários ou mesmo exposições que pedem um certo toque mais arrumado. Cuidado, é bem diferente de um churrasco com os amigos na beira da piscina. O clima é informal e simples, propício para roupas básicas e confortáveis. Para eventos mais formais, uma camisa manga longas, calças de brim (ou gabardine) cor cáqui, calças jeans mais arrumada, calças de sarja em cores variadas. Vai depender da combinação. Os sapatos devem ser esportivos, como mocassim, sapatênis e claro, um bom tênis (menos em ocasiões mais formais, como batizados). Se for inverno, jaquetas ou parcas de couro ou camurça, e calçados abotinados de camurça. Nunca usar: Se o convite diz "traje esporte", isso não quer dizer a combinação de churrasco na piscina, ou seja, bermudão + camiseta do time + chinelo.

TRAJE PASSEIO / ESPORTE FINO / PASSEIO INFORMAL OU TENUE DE VILLE
Já aqui o traje é um pouco mais refinado, merece uma atenção maior do que no traje esporte. Esse tipo de traje é mais recomendado para eventos mais sociais, tipo almoços de negócios, vernissages, conferências, e programas culturais como teatro e concertos. E dependendo do clima, até de um jantarzinho íntimo para impressionar a gata. As peças indicadas são próximas das indicadas para traje esporte. Importante observar o horário do evento, caso seja antes das 18hs, o indicado é uma combinação de camisa + calça esportiva, e blazer. Se for usar um terno, com ou sem gravata, cor clara; ou a combinação de um blazer escuro com calça. Detalhe importante de observar, se no convite vier com “tenue de ville”, é importante usar gravata independente da hora, seja com blazer ou jaqueta. À noite o indicado é terno com gravata, se for verão cabe um em tom claro. Os sapatos, sempre sociais ou mocassins pretos ou marrons são o ideal. Nunca usar: jeans

TRAJE SOCIAL / PASSEIO COMPLETO OU SOCIAL
Como o próprio nome já diz, se trata de um evento social, tais como casamentos, coquetel, formaturas, comemorações oficiais, óperas e grandes eventos (que podem envolver trabalho, clientes, fornecedores...). A roupa requer uma formalidade total, ou seja, terno completo com paletó, calça, camisa social e gravata. Não tem o que pensar muito. Apenas claro, nas combinações de cores. Se o evento for de dia, cores mais claras (esqueça o branco), se for à noite, cores escuras. Os sapatos mais indicados são os pretos que combinam com tudo em qualquer ocasião. Nunca usar: Não tente fugir do terno e gravata. Marrom também não é indicado, está fora do guarda-roupa masculino a muito tempo.

TRAJE BLACK-TIE, TENUE DE SOIRÉE OU RIGOR
Esse é o topo da elegância e por razões óbvias é indicado para eventos muito específicos como casamentos à noite, festas de debutante, premiações e ocasiões muito especiais. Afinal é uma noite de gala. O black-tie resume-se a um smoking (nunca deve ser usado antes das 18hs, a não ser que você esteja na entrega do Oscar): camisa branca, gravata borboleta preta, faixa preta e sapatos pretos. O colete substitui a faixa e é indicado para os mais gordinhos ou no inverno. Que pode ter um estilo mais tradicional ou uma variação mais moderna, como alguns homens fazem trocando a camisa branca por uma preta ou até mesmo dispensar a gravata borboleta. Antes das 18h usá-se o summer, que é o paletó branco, Summer (paletó branco): que é um traje a rigor só em alto verão e ao ar livre. Os sapatos mais uma vez devem ser pretos, de couro e de amarrar. Cuidado para mantê-los sempre lustrados para não ser pego na hora de usá-los. Nunca usar: um terno escuro.




Texto: André Porto
Consultoria: Patrícia Porto
Blog: PATRICIA PORTO-moda e estilo
Fotos: Divulgação
Fontes: Livro Glória Kalil, Guia VIP de Estilo

__________________________________________________________________________________________________________________________________


O verão elevando as temperaturas e aquecendo a estação, e juntamente com o protetor solar, bermudão, sunga... um belo (e eficiente) par de óculos escuros são essenciais nessa estação. E pior, ainda tem homem que não usa óculos escuro! Além do aspecto estético, é importante o uso desse tipo de óculos para proteger os olhos da luminosidade e dos efeitos nocivos dos raios solares. Que podem causar graves problemas oculares que vem cada vez mais crescendo por conta da falta de informação, problemas como a presbiopia precoce ou até câncer e em alguns casos até a perda da visão. Uma dica importante é observar se o óculos vem com um adesivo informando o fator de proteção das lentes.

Porém, muito cuidado ao escolher um óculos escuro. Muitas pessoas só se preocupam com a beleza dos óculos e esquecem da qualidade. E terminam optando por óculos de sol sem procedência, cuja as lentes não trazem proteção adequada aos olhos, ou às vezes as lentes criam grandes distorções e até dioptrias pontuais. E o objetivo do uso dos óculos escuros terminam ficando de lado de forma desastrosa diante dos riscos à saúde ocular. Os óculos de sol (ou óculos escuros) é um acessório para a visão, que apresenta lentes que são coloridas ou escurecidas para diminuir a quantidade de luz penetrando nos olhos. Um acessório fundamental nos dias de hoje não apenas para proteger a visão dos raios nocivos do sol quando estamos dirigindo ou na rua, mas para compor o visual.

Mas e como escolher o óculos de sol ideal? Existem vários modelos e marcas famosas que apostam em design elegante para os óculos de sol masculinos sempre com muito conforto e qualidade. Afinal o público masculino em geral é mais fiel a determinadas marcas, e diferentemente das mulheres, possuem poucos modelos. A escolha do óculos de sol deve ser de acordo com o formato de rosto de cada um para que fique harmonioso, afinal nem todos os modelos combinam com todo tipo de rosto. Portanto é importante antes de comprar seus óculos de sol, fazer uma pesquisa em óticas de confiança e experimentar modelos que melhor se encaixem no seu tipo de rosto.

Rosto Redondo - Pessoas com esse perfil têm queixo e testa bem marcantes. Em geral a largura e o comprimento do rosto são quase iguais. Esqueça as armações redondas! Invista em tipos retangulares, quadradas, com hastes grossas e cores claras.

Rosto oval - Esse tipo de rosto costuma ter formato equilibrado, por isso combina com mais tipos de armações que outros perfis.

Rosto triangular - O rosto triangular é achatado ou comprido com testa larga e queixo fino. As armações estreitas equilibram as formas  do rosto, especialmente o maxilar inferior estreito. 

Rosto quadrado - Testa larga e maxilar saliente são marcantes neste tipo de rosto. O ideal é usar armações ovaladas em material claro que ampliam a área dos olhos. Esse modelo suaviza o rosto.
 

E para todos os tipos, uma atenção especial: o Nariz. Para quem tem nariz largo é apropriado que a ponte (parte da armação que une as duas lentes) seja alta e estreita. Para quem tem nariz grande, a ponte deve ser clara ou um pouco mais baixa que a linha superior da armação. O nariz pequeno combina melhor com pontes altas e arredondadas.


FISIONOMIA E ESTILOS

Barba, Bigode e Cavanhaque - O ideal é escolher os modelos menos chamativos.

Careca - Tem a vantagem de não ter a cor do cabelo para interferir na escolha, mas também tem um elemento a menos para delimitar o fim da testa, por isso, óculos grandes com formatos marcantes e bem centralizados, ajudam a complementar e equilibrar o seu rosto.

Olhos – Se for muito próximo, o ideal são armações pequenas com cores claras, que ajudam a alargar o rosto. Se for muito afastado, o ideal são armações com ponte escura.

Sobrancelha – Se sua sobrancelha encosta na outra evite ponte com detalhes para não chamar mais atenção.

Corredores e Surfistas – Opte pelas hastes hidrofílicas, que não deixam os óculos escorregarem com água nem em rostos pingando de suor.

Esportistas – Opte pelas lentes de policarbonato, elas são mais resistentes que as de plástico e vidro.

Vale ressaltar alguns outros pontos importantes no biotipo, tais como:


Altos – Se seu rosto não for muito fino, abuse das armações maiores, esse tipo físico permite hastes maiores com detalhes nas hastes.
Baixos – Dê preferência por modelos menores, pois eles deixam o rosto mais livre e equilibrado.
Gordos – Evite armações chamativas com aros grossos, elas evidenciam as papinhas e as bolsas embaixo dos olhos.
Magros – Se você além de magro tiver traços mais delicados (rosto fininho), opte por modelos leves sem muitos detalhes ou use apenas os modelos lisos.
Loiros – Lentes escuras ou claras, armação leves e douradas.
Morenos – Lentes e armações mais escuras, com tons amarronzados.
Negros – Lentes com tons de âmbar e armações de metal ou envelhecidas.
Ruivos – Lentes e armações com tons de preto, vinho e vermelho.

Depois dessas dicas, escolha o seu óculos de sol e corra para a praia para pegar uma cor, conversar com os amigos e admirar a "paisagem".


SERVIÇO:

________________________________________________________________________________________________________________________


Com um estilo clássico nas cores, o tom sofisticado do estilo clean e uma marca de elegância Georgio Armani, aos 76 anos, construiu não só uma marca de sucesso, mas um estilo reconhecido e cobiçado por todo o mundo. Com um faturamento anual de US $ 1,6 bilhões e uma fortuna pessoal de US $ 5,3 bilhões, esse italiano nascido na pequena cidade de Piacenza lançou sua grife em 1975 e em 2001 foi logo considerado o estilista italiano mais bem sucedido até então.

E imaginar que quando jovem Armani aspirava ser médico, chegando a estudar na Universidade de Bolonha e após dois anos de estudos teve que interromper os estudos por conta do Serviço Militar. Mas foi lá, trabalhando no hospital militar que Armani percebeu que não tinha vocação para tal. Ao voltar do serviço militar largou a medicina e foi trabalhar como vitrinista na loja de departamento La Rinascente, em Milão. Com a facilidade que tinha para lidar com moda foi contratado como responsável pelas compras das coleções da loja, anos depois largaria tudo e projetou a marca Nino Cerruti, de moda masculina, onde foi trabalhar. Até que no início dos anos 70 conheceria o desenhista arquitetônico Sergio Galeotti com quem teve um relacionamento profissional longo, e juntamente com Galeotti abriu um escritório de design em Milão, ao mesmo tempo que trabalhava como freelance para diversas casas de moda.

Mas foi em Florença, na semana de moda, que a imprensa descobriu e lançou Armani como o novo estilo da moda italiana. O que resultou na idéia de se dedicar a sua própria marca, lançando em 1975 a marca própria, junto com o amigo Galeotti. No mesmo ano lançou sua primeira coleção masculina e no verão seguinte a coleção verão já com marca própria. Resultando que no final dos anos 70 Armani já era uma referência na moda internacional e já tinha expandido sua linha de produtos para underwear, banho e acessórios (fora moda feminina). O início dos anos 80 foi marcado pelo lançamento de seus perfumes, como o Empório Armani, e logo em seguida as coleções de jeans, praia e uma linha de produtos com preços mais acessíveis. 

Com a morte de Galeotti em 1985, Armani começou a conduzir a marca sozinho, e foi ampliando os negócio e em 1988 abriu primeira loja no Japão e lançou sua linha de óculos. Os anos 90 foram marcados pelas linhas de produtos esportivos, produtos para casa e novas e ousadas coleções. Época em que surgia a marca Armani Exchange voltada para o público feminino. E no final da década, Armani invade a China com sua primeira loja. Com a marca cada vez mais consolidada pelo mundo, no início dos anos 2000, o Museu Guggenheim fez uma homenagem com uma exposição inédita feita a um estilista. Em 2009 a marca Armani já marcava presença em 37 países, com quase 100 lojas espalhadas.

A mais recente loja, está sendo aberta esse mês em Nova York, na Quinta Avenida, e abrigará todas as coleções de Armani. A badalada loja terá todas as linhas de produtos espalhados por seus três andares. E ainda conta com um belo restaurante com vista privilegiada de Manhattan. Na ocasião da inauguração será lançada um coleção exclusiva de produtos de edição limitada com a inscrição "Armani/5th Avenue" para celebrar o seu lançamento.


Publicidade chamativa

Outra grande característica da marca Armani sempre foi suas campanhas publicitárias pouco convencionais e sempre ousadas tanto na concepção visual como no estilo adotado. Atrelado a isso, Armani começou a criar para o cinema, desenhando peças para filmes famosos como "Gigolô Americano" e os ternos impecáveis de "Os Intocáveis". Com isso, a imagem Armani estava sempre atrelada a grandes astros de Hollywood, que muitas vezes viravam garotos-propaganda da marca. Em 2008 Armani foi o estilista escolhido para vestir Christian Bale que interpretou o personagem Bruce Wayne em "The Dark Knight" que vestia os ternos Armani e renderam uma bela campanha publicitária.

Com um estilo próprio bem consolidado pelo bom gosto e sofisticação, Armani procurou personalidades polêmicas para atrelar à imagem de determinadas linhas de produtos. Como foi o caso da campanha publicitária protagonizada pelo casal David Beckham e Victoria para a coleção de underwear em 2007, e como esperado deu muito o que falar. Assim como o novo casal contratado para figurar as novas campanhas de underwear e jeans, o jogador de futebol português Cristiano Ronaldo e a atriz Megan Fox.


Megan fotografou de lingerie, para a campanha de outono/inverno 2009/2010.  A atriz sex symbol é a substituta da cantora e fashionista Victoria Beckham, que estrelou as duas últimas campanhas da grife italiana. No primeiro semestre de 2009, a Armani anunciou que Victoria seria sua garota-propaganda até 2012. Megan Fox também será a modelo oficial para os anúncios de moda jeans da marca. Segundo o site PopCrunch, a Armani anunciou que a campanha outono/inverno de moda íntima foi fotografada por Mert Alas e Marcus Piggott em Los Angeles no último fim de semana. Os vídeos estrelados por Megan e Cristiano focam bem no corpo de ambos e provoca bem o público com closes e cenas intimas diante das câmeras. Em comum, além dos corpos bem trabalhados, muita personalidade, polêmica e ousadia.




 



No Brasil com o objetivo de globalizar a marca, a divulgar e o aumentar o potencial de vendas quando se fala de moda jovem no mundo, a marca Armani abriu sua primeira loja em São Paulo ano passado no Morumbi Shopping. Existe a expectativa ainda para outras lojas, uma no Shopping Pátio Higienópolis e outra no Shopping Leblon, no Rio.

Texto: André Porto
Fotos: Divulgação Armani


____________________________________________________________________________________________________________________________________

Foi do tempo que estar bem vestido era uma preocupação que ocupava apenas a cabeça da mulher!  Ainda que não possamos comparar o mercado fashion masculino com o feminino, cada vez mais  vemos homens que se ligam nas tendências, e procuram estar antenados para não fazer feio nas ocasiões do dia a dia. 

Enquanto vivenciamos um verão regado a praia, sol e roupas mais despojadas; o que foi visto nas semanas de moda do Brasil e do mundo foi a chegada de uma temporada fria. A estação em questão é o inverno, e não há nenhuma outra que possibilite ao homem tanta elegância como esta.


Ainda que o leque de opções não seja tão extenso (comparado ao feminino), os homens vão poder sair as ruas bem vestidos com as trends que foram apresentadas nos últimos desfiles. Vale ressaltar que aliado ao estilo vem muito conforto, detalhe super levado em consideração no guarda roupa masculino. O jeans é peça obrigatória e poderá vir como jaquetas ou camisas de botão, que poderão ser usados com calça também de jeans, como foi visto nas coleções da Diesel e Prada.

A estação também pede atenção especial para as peças no estilo cargo, que está com tudo nessa temporada. É um estilo que vale tanto para bermuda quanto calça. Uma combinação que nunca sai de moda e agrada em cheio é com camisa xadrez sobrepondo uma camiseta básica. Quem E as cores que estão em alta são verde militar, marinho, cáqui/oliva, cinza e cáqui/bege.



Enfim, boas pedidas que vão fazer com que o homem contemporâneo não se desligue do seu bem estar para ficar bem vestido e elegante, atendendo as suas necessidades desde dias mais amenos, onde o friozinho pode incomodar um pouco, até o alto inverno mesmo!

dudalnf@hotmail.com
http://www.papodebonita.blogspot.com/


_____________________________________________________________________________________________________________

Quando o americano, nascido no Bronx/NY, Ralph Lauren ganhou seu primeiro prêmio em 1970 pela sua linha de moda masculina, começava alí uma história de sucesso mundial. A marca Ralph Lauren foi ganhando fama e em 1972 era lançada sua linha Polo, com o clássico logotipo que o mundo conhece e venera. Com cores e produtos diferenciados, a marca Polo Ralph Lauren tomou conta do guarda-roupa do homem sofisticado, de bom gosto e moderno. Hoje a marca Ralph Lauren  possui mais de 35 lojas só nos EUA e no ano passado a empresa teve faturamento de 5 bilhões de dólares.
 
Com uma imagem atrelada a sofisticação e elegância natural, a Ralph Lauren virou uma referência para o público masculino. O homem que consome a Ralph Lauren, é um homem discreto, mas ao mesmo tempo moderno, vibrante e nobre. São valores como esses que a linha de perfumes Ralph Lauren vende a seus consumidores. E foi pensando em expandir o seu mercado, que recentemente a Ralph Lauren lançou sua nova linha de fragrâncias, a Big Pony Colection. Inspirada nos jovens jogadores de Pólo, a comunicação visual toda é muito colorida para se direcionar à proposta diferenciada da marca mantendo a tradição e a sofisticação Ralph Lauren. Focada num público mais jovem, a linha é composta de quatro diferentes perfumes, cada uma para um estilo de homem. Mas em comum, a qualidade e sofisticação que lhe é peculiar.

Para causar mais impacto, a marca tem feito lançamentos em algumas capitais. Em São Paulo o lançamento aconteceu no badalado Bar Anexo, e reuniu o atleta Flávio Canto e os atores Paulinho Vilhena, Cássio Reis e Kayky Brito (ver imagem), cada um representando uma fragrância da linha The Big Pony Collection: Esporte, Sedução, Aventura e Estilo, respectivamente. Durante o evento Vilhena confessou que se vê como um homem sedutor: “Eu sou sedutor à medida que me interessa. Tem que também ter uma reciprocidade. Acho que sou sedutor quando eu também estou querendo seduzir. A sedução é um ingrediente da personalidade. Mas tem que ter um objetivo, para se tornar um sedutor. Senão, você vira um babaca." 

Ontem foi a vez de Recife ter o seu coquetel de lançamento da coleção de perfumes Big Pony. E a MENSCH a convite da gerente da loja Flag, Angela, esteve lá para conferir os novos e badalados perfumes. O embaixador da marca em Recife, Creso Rufino, recebeu os convidados juntamente com a representante da marca no Norte/Nordeste, Dalva Portela. Por sinal, Dalva nos relatou que a aceitação dos novos perfumes tem sido muito boa desde o lançamento da nova linha. Um sucesso de mercado para tão pouco tempo de lançado, levando clientes a comprarem mais de um perfume e como de costume no público masculino, preferir o frasco maior, de 75ml. "Os homens tem tendência a preferir aromas amadeirados, e o crescente mercado masculino tem sido um dos grandes fatores que elegeram a fragrância numero 1 a mais vendida", disse Dalva. Como ação de marketing, a marca contratou 4 modelos que representaram os 4 perfumes para divulgação direcionada às vendedoras de lojas. Uma ação até então inédita. "Ações como essa facilitam a aceitação de um novo produto, e levam as vendedoras a entrar no clima do perfume", disse.

Para Angela, os produtos tem ótima aceitação porque trazem a qualidade da famosa marca Ralph Lauren. E por conta do recente lançamento os perfumes ganharam uma promoção exclusiva, o kit com sabonete líquido shower gel + o perfume grande, está saído por R$ 249,00 (com 10% de desconto à vista em loja).

Veja o vídeo institucional de lançamento mundial dos perfumes Big Pony Colection:



SERVIÇO:
Flag Perfumes - Shopping Recife


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------



O estilista Ricardo Almeida, com mais de 20 anos de história em alfaiataria lança a sua linha - Ricardo Almeida Jeans – que nasce com a missão de atender os homens mais exigentes que gostam de misturar peças clássicas e casuais para compor um look mais informal sem perder a elegância.


A marca registrada de Ricardo Almeida deu toques de modernidade e ousadia ao clássico e tradicional jeans. Este estilo permite ao homem de todas as faixas etárias e de diferentes áreas estar bem vestido durante o dia e a noite.

A linha Ricardo Almeida Jeans tem todas as peças necessárias para compor o look casual extremamente elegante. O estilista acredita no equilíbrio, por isso, nada impede que um bom blazer de alfaiataria componha o visual. A ideia aqui é que esse homem, mesmo vestido de maneira informal, transmita elegância, sofisticação e informação de moda com peças atemporais.

Ricardo Almeida é incansável na busca pela qualidade e tecnologia e utiliza matérias primas nobres que lhe permitem alcançar o caimento perfeito, qualidades estas também percebidas na nova coleção.

Vale ressaltar a importância do jeans. Foram criados 16 modelos com diferentes lavagens, pespontos e recortes. O White e o Black aparecem em destaque junto com a variedade de lavagens em tons de azul e acinzentados. As modelagens são secas, bem retas e inspiradas no trabalho preciso de alfaiataria de Ricardo, deixando o visual com ar de modernidade.

As camisetas tipo pólo feitas com o algodão Peruano Pima, reconhecido mundialmente pela excelente qualidade, aparecem nas cores: azul forte, azul claro, pink, laranja e cinza mescla, com caimento impecável  e levemente ajustadas ao corpo. Os xadrezes na camisaria italiana conversam com a linha jeans e com a alfaiataria da marca.

Para arrematar a coleção, vários modelos de sapatos como: Brogues, Oxford, Mocassins e novas versões de clássicos masculinos agora com solado de borracha, em tons de marrom e preto, finalizando o look proposto da linha Ricardo Almeida Jeans.





Outra novidade da marca é o lançamento de um “Fashion Film” para curtir via internet, conceituado e dirigido por Gui Paganini.



Ficha técnica: Fotos - Gui Paganini, Modelo - Caio Moreno - LEQUIPE, Make Hair - Fabio Nogueira - Capa MGT, Styling - Ricardo Almeida


Site: www.ricardoalmeida.com.br



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------




Que as mulheres apreciam um homem bem vestido, isso não é novidade. Mas quais as peças que elas não admitem que eles usem na hora de sair para o primeiro encontro?  Fiz uma pequena lista dos itens que podem detonar o seu encontro: Pochete  é uma peça que não deve estar no guarda-roupa de nenhum homem, nem para usar em um único encontro. Sapato social com meia branca, se você não for cover do Michael Jackson é melhor esquecer! Bermuda e chinelo também não são adequados. As mulheres também não apreciam celular na cintura, excesso de perfume, camisa aberta, modelito rapper (correntes, pulseiras ou anéis em excesso), roupas muito justas, coloridas ou velhas.

70% do que as pessoas pensam sobre você são reflexos do seu visual,
Ou seja, ao escolher o que usar, uma pessoa pode passar diversas mensagens. A de ser relaxado, cuidadoso, moderno, conservador, antenado, clássico, despojado, cafona ou de bom gosto. Por isso é preciso muito cuidado e critério com as peças do guarda-roupa.

Hoje a atenção com a aparência não é interesse exclusivo das mulheres. Nem todos os homens estão atentos à maneira de se vestir e não sabem como perdem pontos logo de cara se vestindo inadequadamente. Portanto, não esqueça que muitas vezes não temos uma segunda chance de causar uma boa primeira impressão!

Então, aí vão 10 sugestões para você sobreviver ao seu primeiro encontro com estilo e, quem sabe, ainda se dar bem:


Resumo da ópera. Mais importante que dizer o que usar e o que não usar é ter bom senso na escolha das peças de acordo com o programa que você vai fazer. Afinal, não dá para ir de terno para um passeio na praia? Nem ir de havaiana para o cinema num sábado à noite. Para mais dicas, acesse o blog Fashion Style: http://patriciamporto.blogspot.com



-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Não é de hoje que a TV e o cinema ditam moda e propagam um estilo próprio diante de um determinado personagem, filme ou seriado. É o que podemos contatar agora com todo clima víntage vindo na bagagem com o seriado de sucesso Mad Men. A série é um grande sucesso, que vai ao ar pelo canal AMC. A história se passa nos anos 60, numa fictícia agência de publicidade chamada "Sterling Cooper", em Nova York. A trama principal gira em torno da vida do publicitário "Donald Draper", o Don Draper e nas pessoas fazem parte de sua vida dentro e fora do escritório. Tirando o sucesso do seu roteiro, que levou esse ano dois Emmy, um de melhor roteiro de série dramática  e outro de melhor série dramática, Mad Men tem se destacado por mostrar as mudanças de comportamento da "América dos anos 60". Mad Men estreou em julho de 2007, inicialmente com 13 episódios na 1a temporada. Posteriormente, o canal AMC renovaria a série para uma segunda temporada com mais 13 episódios, e hoje em dia já está em sua 4a temporada.

Mas é Don Draper que tem chamado atenção, seja por suas conquistas e sucesso com as mulheres na história, ou por seu visual. Fazia um certo tempo em que uma figura masculina não atraia tanto os olhas de grandes grides, editoriais de moda e o público masculino. Com seu estilo clássico e sempre impecável, Draper não apresenta nenhuma grande novidade da moda. Muito pelo contrário ele resgata elementos básicos, como a camisa manda longa branca, e recria um estilo já clássico dos guarda-roupas masculino. Mas o seu sucesso do visual de Draper também é devido em grande parte, à evolução das roupas masculinas que vieram antes dele, ou seja, Thom Browne. Mad Men abriu os olhos do público em geral para um naipe diferente no visual víntage do momento.




O ATOR - Parte do sucesso de um seriado se deve também ao desempenho dos atores, no caso específico de Don Draper, o sucesso tem o nome de Daniel Jonathan "Jon" Hamm. Ator americano nascido em 10 de março de 1971 em St. Louis, Missouri. Na infância Hamm participou da John Burroughs School em Ladue, Missouri , onde foi membro de beisebol, futebol americano e equipes de natação. O primeiro trabalho como ator de verdade foi como Winnie the Pooh, no primeiro grau; aos 16 anos, ele foi escolhido como Judas em Godspell, e gostou da experiência, apesar de ele não ter atuado muito bem: "Atuar foi divertido, mas meu avô sempre me dizia:" Nunca é tarde demais para ser engenheiro. "Você deveria ter um "trabalho" e não atuar nos fins de semana na escola. que trabalhou principalmente na televisão na década de 90, Hamm morava em Los Angeles. Apareceu em alguns programas e seriados em pequenos papéis, incluindo a Providência, a Divisão e What About Brian. Sua estréia no cinema veio ao lado de Clint Eastwood em 2000, na aventura, Space Cowboys. No ano seguinte, Hamm apareceu na  comédia independente, Beijando Jessica Stein (2001) em um papel secundário. Mas o reconhecimento mundial só veio com Don Draper em 2007 quando fez sua estréia na séria Mad Men. O desempenho de Hamm lhe garantiu a premiação com um Globo de Ouro de Melhor Ator em Série Dramática em 2008. Além de seu trabalho em Mad Men, Hamm apareceu no remake de ficção científica de 2008, O Dia em que a Terra Parou e posteriormente em primeiro lugar no thriller independente Roubado (2010).

ESTILO EM VESTIR
A chave para o estilo Draper é um terno bem cortado (junto com um visual arrojado bem cuidado) e o seu olhar de conquistador que o levou a ser um tipo de herói da ala masculina. Draper consegue tudo e todos que ele quer. Mas, enquanto não podemos olhar como Draper, podemos nos vestir como ele. A Brooks Brothers e a figurinista de Mad Men, Janie Bryant colaborou com um terno de edição limitada que esgotou em um piscar de olhos, mas para quem não teve acesso a essa peça limitada, nos resta olhar para os detalhes a seguir adaptando dentro da nossa realidade o terno que temos em casa (ou que se pretende comprar): 

Um terno Slim Corte Silhueta: Apenas diga não aos ternos disforme. A silhueta mais "slim" faz você parecer mais magro e mais alto, não importa qual o seu perfil.

Cinza médio Sharkskin: Se você tiver apenas um terno em seu guarda-roupa, tenha um cinza popular. Um terno cinza vai a toda parte, e ele funciona mesmo quando um terno preto é muito sombrio.

Bolsos na diagonal: Os bolsos na diagonal contribuem para o efeito emagrecedor da ação.

Lapelas estreitas: Observe o trimmer usual da lapela entalhada sobre casaco.
Aberturas laterais: em vez de uma única abertura no centro de volta, este casaco tem duas aberturas laterais, tanto melhor para a silhueta do terno equipado.

ESTILO ESTÁ NA CABEÇA
O estilo Draper não vai só na roupa, mas também no cabelo. A dica é usar uma pasta, a quantidade certa é do tamanho de uma moeda do produto no cabelo úmido com as mãos, certifique-se que está tudo bem distribuído. Agora, para criar aquela pequena onda na frente, empurre o pente pela frente do seu cabelo e levante-o para cima. Então, com jeito, faça uma pequena onda. Passe um pouco de Hairspray rapidamente vai mantê-lo no lugar durante todo o dia e também permite que você use menos produtos do que faria normalmente. Incline a cabeça para trás, a sombra de sua testa com uma mão e um pouco de spray de laquê. Tá pronto o topetinho no estilo Draper. Quanto aos produtos, Brylcreem se você estiver indo fé. Ouvi dizer que eles usam Baxter da Califórnia Pomada ou Gel no set de Mad Men. Para a pomada se seu cabelo está um pouco fina, gel se for muito grosso.

9 comentários:

  1. ja salvei aq em favoritos. vai me servir sempre... rsrs
    Valeu!

    ResponderExcluir
  2. adorei muito! me ajudou muito! obrigado!

    ResponderExcluir
  3. como usar uma calça e o blazer com cores diferentes?
    Grato

    ResponderExcluir
  4. gostei de mais de site, indico a todos os homens que procuram um estilo melhor, para cada ocasião.

    ResponderExcluir
  5. Dos perfumes que você citou o Davidoff Champion é o melhor, na verdade todos os perfumes da marca Davidoff são bons para essa e outras ocasiões. Sempre que posso compro meus perfumes aqui http://aromatta.com/site/lojas/davidoff/davidoff-champion-masculino-edt-30ml.html a loja tem bons preços e sempre chegou no prazo!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa tbm ja salvei aqui em favoritos esse site de longe é o
    melhor quando se fala de universo masculino. Muito bom mesmo, só uma dica, seria muito bom uma versão da revista para smartphones android fica a dica!!!

    ResponderExcluir