terça-feira, 5 de julho de 2011

MUSA (80): MAGDA COTROFE - A eterna musa dos anos 80.


Magda Cotrofe passou ao longo dos anos praticamente inabalada pelo tempo. Quem não lembra da bela morena que deixava Rochinha, do Viva o Gordo, todo nervoso? Magda é constantemente lembrada pelos homens com mais de 30 e poucos anos que pronunciam seu nome seguido de elogios à sua beleza marcante. Eterna musa dos anos 80, Magda continua bela e estonteante nos dias de hoje como vocês poderão conferir nessa entrevista e ensaio exclusivo para a MENSCH feito pelo fotógrafo Wagner Carvalho . Mate um pouco a saudade dessa musa e volte a suspirar ao pronunciar seu nome. Ela merece todos os elogios.

01 - Magda, mesmo depois de tantos anos você continua sendo considerada um ícone dos anos 80, como referência de mulher bonita que surgiu nessa década tão comentada. A que você atribui tudo isso? O que isso representa para você? Atribuo isso a pessoa que sou e as atitudes que tenho. Considero motivos para permanecer no imaginário das pessoas há mais de 20 anos. Claro que isso representa muito para mim, é gratificante.
02 – Musa de uma década, você foi a 1a mulher a ser capa da PLAYBOY por três anos consecutivos, mulher do Rochinha do Viva o Gordo de Jô Soares...Tudo isso te deixou mais segura de si? Acredito que não deve se sentir segura por trabalhos que faz, porque o bacana é sempre sentir o friozinho na barriga, para buscar cada vez mais. Tentar alcançar novos horizontes.

03 - Por falar em segurança... Quando as mulheres são mais inseguras? E como os homens podem entender e ajudar nisso? Penso que mulheres ficam inseguras quando seu parceiro não dá atenção, carinho, enfim coisas antigas e simples, mas que faz muito efeito.

04 - A cabeça do homem mudou muito dos anos 80 pra cá? Ou a mulher que mudou mais? Como você vê esses dois casos com o passar do tempo?
Acredito que as mulheres tiveram mais mudanças, mas os homens também evoluíram e é muito bom porque temos que acompanhar a evolução do mundo.
05 - A liberação sexual está mais forte hoje em dia do que nos anos 80? Você viveu uma década pré-AIDS e depois o mundo convivendo com o vírus. Hoje por um lado vivemos novamente uma liberação sexual até meio irresponsável, é o sexo pelo sexo. Você que viveu o boom dos anos 80, como vê tudo isso? Acho que a maior liberação sexual com certeza foi no final dos anos 80, foi o grande boom, de lá para cá, as pessoas estão cada vez mais se adaptando a esses novos momentos. Acredito que poderia ter mais amor nas relações e um pouco mais de dificuldade, para ter mais sabor. O importante é manter os valores familiares, isso nos faz crescer como ser humano e nos situarmos neste mundo acelerado.


06 - Hoje as mulheres estão indo à caça sem a menor culpa. E isso até deixa alguns homens meio inseguros.  Você concorda? Você acha que hoje as mulheres estão dando o troco ou cometendo os mesmo erros que elas criticavam nos homens antigamente? Não é questão de certo ou errado, é adaptação do momento. Claro que alguns homens se assustam com essas atitudes, mas o que importa é buscar o que te faz bem e feliz, sempre tem alguém que encaixa no seu perfil.

07 - Homens são de Marte e as mulheres de Vênus? Quais as grandes diferenças de interesse dos homens e mulheres em sua opinião? De um modo geral realmente somos bem diferentes, a visão da vida pelo olhar masculino é mais prático, simples e pelo olhar feminino mais romântico, colorido e complicado (risos)

08 - Hoje você está no seu segundo casamento. Já pode apontar certos erros básicos e áreas perigosas no casamento que o homem não deve cometer ou entrar para não estragar a relação? Casamento é muito bom e legal para quem está a fim de viver este momento e se dedicar a relação porque é uma doação, compreensão e adaptação diária de ambos, quando só um lado faz, a coisa começa ficar desalinhada. Hoje ninguém é obrigado a ficar com o outro, só tem um motivo que alimenta a relação e não pode acabar, é o AMOR, vejo que os casais de hoje não tem muita paciência, decidem as coisas com muita velocidade.

09 - O que não tem perdão numa relação e que deslize seria perdoável? É muito subjetivo porque o que é errado para mim pode ser certo para outros, cada um sabe o que faz sofrer e não perdoar.

10 - O que os homens não sabem, ou teimam em não saber, sobre as mulheres? Elas só querem se sentir amadas e bem cuidadas, com muito amor e carinho.

Texto: André Porto 
Assessoria Produção: MD Produções e Casting  by Márcia Dornelles www.mdproducoes.com
Fotos: Wagner Carvalho   www.wagnercarvalhophothographer.com.br
Make Up:  Luciano Sossa

AGRADECIMENTOS
Rede Marriott Hoteis - Locação
Armani Exchange
San 9 - Vestido Preto



Siga a MENSCH pelo Twitter: @RevMensch e beixe no iPad pela App Store.

Um comentário:

  1. Magda é musa ontem, hoje e sempre. Ótimo poder vê-la em fotos exclusivas. Parabéns pela entrevista, André. E uma grande beijo à Magda, sempre bela e cativante.

    Abraços!

    ResponderExcluir