quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Crônicas e Indagações Femininas: "Oi, cadê o tchau?!"



São vários os aspectos do universo masculino que deixam encucadas as nossas cabecinhas femininas, mas o tal do “não saber sair de um relacionamento” além de tudo, dá uma dorzinha, uma revoltinha,uma raivinha e P-Q-P, uma vontade de matar com requintes de crueldadezinha. Tá tudo no diminutivo porque eu sou delicadinha, viu?

Pois então. Pra tentar abrir a porta dos nossos corações (que invariavelmente estão sempre entreabertas) os homens fazem de tudo com tanto esmero que a gente se descuida e se deixa levar. São educados, delicados, atenciosos, românticos e tem por nós uma consideração que affff, nos falta o ar e nos sentimos tão sortudas que não imaginamos o perigo que nos espreita.

Ok, nós mulheres também usamos de artifícios na fase da conquistas, não disse que éramos puras e inocentes, mas levamos a consideração até o fim, diferente de vocês que assim que se desinteressam por nós esquecem gentilezas, palavras doces e beijos ardentes. Ninguém deve fazer ou pedir promessas, elas invariavelmente existem para serem quebradas. Ninguém deve achar que o sentimento de hoje obrigatoriamente será o de amanhã e porque ele mudou era mentira. Não, não...os sentimentos mudam muitas vezes alheios às nossas vontades e isso deve ser aceito e compreendido. O “X” da questão é, quando o sentimento acabar ou a sua escolha for “sair fora” tenha pela moça a mesma consideração e cuidado que você teve no momento da conquista. É difícil por um fim? É. Também é pra nós. É difícil ver lágrimas nos olhos de uma mulher? É (e por isso que a gente usa tanto esse artifício...hehehehe) mas permita que ela tenha boas lembranças de você e do tempo que passaram juntos, tenha sido ele um mês, um ano ou uns dias. Saiba fechar o ciclo, porque para nós é muito importante por o ponto. As reticências e as vírgulas são cruéis demais para as nossas almas venuzianas.

Crie coragem, molenga, honre as calças que você veste, tenha consideração, saiba olhar para uma mulher e dizer a ela que acabou. Seja forte ao vê-la verter lágrimas, xingar você ou te implorar para não deixá-la. Seja honesto com você, com ela e com o que os uniu, mesmo que tenha sido somente o bom e velho tesão. Não é porque acabou que precisam ser inimigos ou se tornarem estranhos.


Depois, do Oi, saiba dar Tchau!

15 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei Nadezhda...
    Muito bom o texto. ;)
    Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Num é que ela acertou em cheio!
    Homens e mulheres devem dispor de muita coragem e consideração com o outro para fazer tal coisa,afinal é melhor sofre com verdades do que viver uma mentira.

    Nadezhda delicadinha?Me divirto...rsrsrs

    =*

    ResponderExcluir
  4. Hahahahahahahahahaha... Uma boa ironia esse texto!!! Acho que alguns amigos seus precisam ler isso!!!
    Beijo e parabéns pela nova empreitada!!! =]

    ResponderExcluir
  5. SENSACIONAL...devia ter escrito antes pra eu mostrar pro meu ex...rsrs..

    Muito Bom Nad

    ResponderExcluir
  6. Valeu Ná, adorei o texto. Disse tudo, e como sempre, com um ar de boa ironia e diversão. Muito legal. Sucesso no novo empreedimento.

    ResponderExcluir
  7. Perfeito! O texto diz tudo! adorei o blog. bjs

    http://patriciamporto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo texto, mas só se adapta ao universo feminino.
    As mulheres ainda não perceberam, mas os homens são práticos e sinceros. O ainda não acabar, não quer dizer que não tenham coragem para pôr fim ao relacionamento, mas sim estarem tentando resgatar um amor que possa ainda resurgir. Para o homem, o ponto final é mais duradouro por perceber que ainda pode resgatar uma quase paixão, que poderá tornar-se num grande amor.
    Algumas mulheres acham que o término é porque o relacionamento não deu certo, pelo contrário, ele deu certo por aquele momento, mas que depois todos foram honestos em perceber que não seria para sempre.
    Então mulheres, assim como vcs, nós também nos dedicamos, nos envolvemos, nos apaixonamos e também nos decepcionamos.
    Aceitamos mais suas pseudo-delicadezas por serem do sexo frágil.

    ResponderExcluir
  9. Marcinho,
    Adorei você por aqui expondo o olhar masculino sobre as indagações femininas!

    ResponderExcluir
  10. É isso aí meu amigo, disse tudo. Elas pensam que somos de pedra e não sentimos. A diferença é q vemos as coisas de forma diferente. Mas sempre será assim, desde a época das cavernas homens e mulheres tentam se entender e ser entendidos. Vamos tentando. O importante é tentar e escrever sempre uma nova história.

    ResponderExcluir
  11. Owwww...são de pedra não!...a gente só quer que vcs não "sumam" simplesmente pela falta de coragem de dar "tchau" (que pra gente também é difícil, viu?)

    ResponderExcluir
  12. Como disse Andre Porto, o importante é continuar tentando e se adaptando, afinal de contas, os tempos mudaram e se as mulheres se adaptaram a dividir contas, ir para concorrência feroz do mercado de trabalho, etc, o homem também deve tentar essa adaptação com essa nova mulher, essa nova época de se relacionar, e principalmente, de sair de um relacionamento. Até porque as palavras e os momentos vividos devem se transformar em boas lembranças, eles vão fazer SEMPRE parte de sua história de vida. Parabéns aos homens e mulheres que abrem a mente...

    ResponderExcluir
  13. Inaugurando minha participação no blog. ADOREI o texto, verdadeiro e muito divertido de ler. Um excelente puxão de orelha para alguns mens, mas com a delicadezinha feminina...rs rs
    Bjs, Dulce

    ResponderExcluir
  14. Quero registrar que nem todos os homens são assim. Fui eu mesmo que acabei todos os meus relacionamentos (os que eu comecei e os que foram iniciados pelas digníssimas).

    Nunca é bom, nunca é fácil, mas é uma questão de assepsia.

    Ah, e eu não acredito que um casal possa ficar "apenas bons amigos" depois de ser um casal. A intimidade não volta atrás e a menos que haja "recaídas" ou que nunca tenham sido um casal, mas "friends with benefits" (amizade colorida).

    ResponderExcluir
  15. Diego, como sempre com comments absolutamente pertinentes. Adorooooooooooooo! Mas a frase mais legal foi: "Nunca é bom, nunca é fácil, mas é uma questão de assepsia." Nadezda, tu detona nos textos!

    ResponderExcluir