domingo, 4 de setembro de 2011

LEITURA: As revistas masculinas mais legais de setembro


Assim como agosto, setembro também é mês de festa. Dessa vez é a vez da revista ALFA comemorar seu aniversário. Além da festa que acontece hoje em São Paulo, a edição ainda vem recheada de novidades. Assim como outras edições que entraram para essa seleção das revistas masculinas mais legais do mês. Como a PLAYBOY que finalmente nos releva a nudez da bela Adriana do BBB11 e o cantor Nando Reis em mais uma ótima entrevista. Com a chegada de setembro, vem os preparativos para o maior festival de rock do ano, o Rock in Rio, e as revistas VIP e Sexy já estão falando dele. Assim como a Mens Health começa a falar da chegada do verão e o compromisso de estar em forma. Entre homens de sucesso, como Wagner Moura, na GQ,  e Ronaldinho Gaúcho, na Placar, e super máquinas como o Chevrolet Cruze, na Quatro Rodas, e a seleção dos 50 carros sexy da VIP, o mês promete ser quente e agitado também nas bancas.





E nesse primeiro ano a revista alcançou números muito satisfatórios como uma circulação média de quase 50 mil exemplares, conforme pesquisas do Instituto Verificador de Circulação (IVC), 22 mil assinaturas nos primeiros cinco meses desse ano e registrou mais de 25 mil downloads da edição no iPad. A ALFA completa esse primeiro ano com muito sucesso, seja por parte dos leitores, anunciantes ou entrevistados, resultado de um trabalho competente de uma equipe liderada pelo grande Kiko Nogueira (entrevistado da MENSCH). Para saber um pouco mais sobre a revista ALFA fomos conversar com Demian Takahashi, diretor de arte da revista, que gentilmente nos atendeu e respondeu à nossas cinco perguntinhas. Sucesso à ALFA!
ENTREVISTA DEMIAN TAKAHASHI

01 - Como você observa a evolução da revista e dos leitores de ALFA ao longo desse primeiro ano? Saiu tudo como se imaginava? Lançar uma revista é como se lançar num mar de infinitas oportunidades. Há um plano editorial, é claro. Mas a revista foi a cada mês, desse primeiro ano, acertando seu caminho. Depois de doze edições temos mais clareza do que queremos, do que os leitores que nos escolheram querem. Foi o ano para pavimentar o caminho da revista.

02 - Sabemos que muitas vezes os leitores tem que se adaptar à revista, mas também a revista precisa se adequar ao leitor. O que a revista aprendeu com o leitor ao longo desse primeiro ano?
Aprendemos que a reportagem de fôlego tem enorme aceitação. É um erro acreditar que o leitor quer cada vez menos texto, textos cada vez mais telegráficos.

03 - O que você destacaria como pontos altos da ALFA ao longo desses 12 meses? Acredito que o nosso ponto alto são as pautas surpreendentes, e os perfis de personagens que realmente podem inspirar nossos leitores.

04 - Com novas revistas masculinas no mercado desde quando a ALFA foi lançada influenciou em algo? Vemos com bons olhos as novas revistas no segmento de masculinas. É sinal da maturidade do mercado, que a ALFA ajudou a sedimentar. Os novos lançamentos vieram confirmar a nossa vontade de fazer uma revista madura, de leitura, inspiradora e realmente útil para nossos leitores.

05 - Como é o homem ALFA desse primeiro ano? O que vem por aí? É o homem que batalha para ser melhor dia a dia. E é isso que queremos para a revista.

Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

Nenhum comentário:

Postar um comentário