domingo, 18 de setembro de 2011

Crônicas e Indagações Femininas: "Nós falamos muito ou vocês que ouvem pouco?"

A grande maioria esmagadora dos homens, pra não dizer a unanimidade, costuma apontar como um dos maiores defeitos femininos o fato de falarmos muito. A pergunta que eu faço é: será que falamos muito mesmo, ou são vocês, hominhos, que não param pra nos escutar? Hã?
Porque a bem da verdade a gente até se comunica com mais efusão e quantidade de palavras que os homens, chegamos a repetir algumas frases, mas isso simplesmente pelo fato de que vocês nos dão as paredes ao invés dos ouvidos! E aí, não temos outra saída a não ser falar, falar e falar até vocês resolverem escutar.

Tenho plena certeza que nossas conversas seriam mais simples e objetivas se vocês nos dessem atenção, poucos minutos e pronto, qualquer assunto estaria devidamente e satisfatoriamente resolvido e não teríamos a fama injusta de falarmos demais.

Claro que também vale lembrar que como seres mais sensíveis ao mundo que nos cerca, observamos mais e melhor tudo e todos, por isso nossos assunto tendem a ser mais ricos em conteúdo e diversidade, mas isso não é falar muuuuito, isso é ter muito assunto sobre o qual falar, por favor, não confundam, ok?

A meu ver, homens são desatentos por natureza, desligados, e até desnaturados, daí toda essa problemática do falatório feminino. Aposto que se tivessem dado ouvido às suas mães, hoje não jogariam toalha molhada na cama, não fariam xixi fora do vaso saberiam que não se bebe água direto da garrafa.

Ah que bom seria se vocês não fossem surdos. Ouviram?
Ps: esse texto é curtinho pra ninguém sair por aí dizendo que eu falo muito, viu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário