quinta-feira, 9 de novembro de 2017

COMPORTAMENTO: Treinamento Mental - Cinco fatores que irão direcionar as pessoas para o sucesso

Quando se inicia em uma atividade física atingir a meta é algo inerente do processo. Para isso vários fatores exercem influência para o sucesso, ou não, da atividade. Fatores como dedicação, dieta, orientação profissional e acima de tudo um treinamento mental terão peso no final da jornada. Ele é composto por cinco fatores que irão direcionar as pessoas para esse sucesso, incentivando as mesmas a utilizarem seus recursos internos e a perceber a importância das competências pessoais. De forma a contribuir para que elas desenvolvam essas mesmas competências no sentido de que são elas que os vão ajudar a atingir os seus objetivos, melhorar a sua performance e garantir aquela motivação que muitas vezes nem existe.  

1) PROPÓSITO
O primeiro passo é desenvolver um propósito inabalável, e ao dizer “um propósito inabalável” estou me referindo a algo muito além da barriga tanquinho que você deseja conquistar até o carnaval. Me refiro a mais saúde, autoestima, controle emocional e autoconfiança. No meu caso, eu quero ser – atlético, inteligente, rápido, forte e durável. Tem pessoas, que querem emagrecer e melhorar sua autoestima, outras querem ficar “saradas” e saudáveis.


O importante no início, é entender o “propósito” e a importância do “porquê” você está se dedicando para essa meta. Sem uma compreensão real do seu propósito, os obstáculos podem tirar você do foco, e a motivação pode acabar. Uma boa dica, escreva o seu propósito em uma folha de papel e cole em um lugar que você possa ver diariamente. Use como fonte de motivação para vencer os obstáculos que surgirem em seu caminho.

2) VISUALIZAÇÃO
Muitos atletas já utilizam essa técnica de conexão do corpo e mente. Para desenvolver uma nova habilidade, uma das primeiras medidas a serem adotadas é treinar a mente, ou seja, fazer um ensaio mental do seu objetivo e visualizar o que pretende conquistar. A visualização é fonte de uma energia vital que reduz o cortisol, estimulando o sistema imunológico, induz relaxamento, estimula a confiança que pode ser utilizada para nos dar incríveis resultados e um físico que se mantenha até as mais entusiásticas expectativas. 

A revista americana Psychology Today declarou que a prática mental pode ser quase tão eficaz quanto o treinamento físico. O Journal of Sport & Exercise Psychology, publicou que imaginar levantar peso causa mudanças reais na atividade muscular. "Imagens mentais” afetam muitos processos cognitivos no cérebro: controle motor, atenção, percepção, planejamento e memória,” relatou o pesquisador Angie LeVan em Psychology Today. 

Encontre um lugar tranquilo feche os olhos e imagine tendo sucesso naquilo que você pretende fazer. Michael Phelps, imagina situações em que o seu óculos enche de água, e ele tem que nadar sem enxergar. Quanto mais sentidos você conseguir em uma visualização, mais poderosa ela será; não apenas o sentimento, mas como se ouve, parece, cheiro e gosto.


3) CONTROLE DO ESTADO EMOCIONAL
É fácil observar independentemente de qualquer área, que uma pessoa sem o controle das suas emoções não chega muito longe. Raiva, ansiedade, medo, insegurança e outras emoções negativas liberam altas doses de adrenalina, cortisol e noradrenalina no sangue. O importante é relaxar. No momento que isso acontece, outra mudança química toma conta do corpo.

A meditação é um dos maiores recursos para quem quer ter autocontrole, não é uma técnica, nem um esforço que deve ser feito, nem muito menos algo que a mente pode fazer, pois a meditação está além da mente e não pode ser penetrada por ela. Onde a mente acaba, a meditação começa. A meditação é uma forma fantástica para melhorar a concentração, lidar com o estresse, e aumentar as possibilidades de ser bem-sucedido em qualquer coisa. Recomendo iniciar o dia com 15 a 20 minutos de meditação, todos os dias. “Pare de pensar”, não faça nada. Sente-se. Acalme a mente. Deixe que a mente pare por conta própria. Sente-se olhando para onde quiser, em um lugar tranquilo, silencioso, e não faça mais nada. Nada, além de relaxar. Sem se esforçar. Sem ir a lugar nenhum. Concentre-se no fluxo de ar que entra e sai dos seus pulmões. Não fixe em nenhum pensamento, deixe-os irem e virem vendo passar na sua frente como se não fossem seus. Fixe sua atenção apenas na sua respiração e relaxe. 

4) AUTOCONFIANÇA
Autoconfiança é um fator primordial para todo aquele que busca ser bem-sucedido no que faz. Se você não confiar em si mesmo, não será bem-sucedido. Ela serve como base para a resiliência mental e desenvolve um alto nível de poder. 

Você deve acreditar nas suas habilidades. 

Medos, dúvidas, tédio e confusão, tendem a surgir nos momentos mais inconvenientes. Mas, quando esses sentimentos são neutralizados pela autoconfiança, algo notável começa a tomar forma. 

5) DEFINIÇÃO DE METAS 
A importância de definir metas, é poder mensurar os resultados e aprender como segmentar as tarefas em partes gerenciáveis, com pontos significativos para garantir que continuemos motivados e no caminho certo. Nunca avance de onde você está a sua meta, sem definir uma ação para a realização do resultado. 

A clareza da meta e a concentração devem ser o primeiro passo, mas não são suficientes. Deve-se ter o compromisso e a disciplina para vencer os contratempos e sacrifícios ao longo dos dias. O verdadeiro compromisso com suas metas vem por saber que elas são suas “obrigações” isso vai manter você energizado e comprometido para continuar focando na direção certa – defina metas específicas, mensuráveis, alcançáveis realistas e tangíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário