sexta-feira, 29 de julho de 2016

ESTRELA - Isabel Fillardis comemora 25 anos de carreira com disposição e talento para muito mais


Nossa estrela dessa semana, Isabel Fillardis, está completando 25 anos de carreira e traz na bagagem muitas histórias para contar. A MENSCH resolveu comemorar juntamente com Isabel essa data especial trazendo um belo ensaio e uma entrevista exclusiva com a atriz. Das novelas, filmes até sua experiência no Marrocos onde um sheik quis compra-la com camelos. De sorriso largo, Isabel é uma festa e transborda talento e beleza ao longo dos anos.

Isabel, de repente 25 anos de carreira! Que avaliação faz dessa trajetória toda? Eu sou uma privilegiada em manter minha carreira durante todo esse tempo. Não é fácil!! (risos). Me sinto muito feliz com todos os aprendizados mas ao mesmo tempo com uma vontade enorme de mais, muito mais!

Foram filmes, novelas, capas de revista... Que grandes momentos destacaria? Algo faria diferente? Não faria nada diferente, até porque fazemos aquilo que sabemos naquele momento. Tudo veio pra somar e me fazer essa pessoa e profissional que sou. Eu destaco sempre a novela “Renascer” porque foi a primeira e me levou pro Brasil e para o mundo. Destaco a "Luzia", personagem de “Força de um Desejo”, novela de Gilberto Braga, onde eu fiz minha primeira vilã. No cinema destaco "Mira" de Orfeu, direção de Cacá Diegues e no teatro destaco "Lapinha" meu trabalho mais recente onde sou protagonista e produtora do espetáculo também.



Você começou como modelo da Ford aos 15 anos e depois estreou na TV em horário nobre. Conta um pouco como foram esses dois inícios de carreira (modelo e atriz) e a transição. Na verdade eu comecei aos 11 anos fazendo alguns desfiles amadores. Quando participei de um concurso, The Look of the Year em 1989 é que o trabalho de modelo expandiu e fui pra São Paulo. Aí fiz um clip do cantor Jamaicano Jimy Cliff que foi exibido no fantástico. Depois disso me convidaram pra fazer um teste pra oficina de atores da TV Globo. Foi aí que a coisa ficou séria e veio a “Ritinha” de Renascer. Eu tive muito apoio do elenco, da direção e sobretudo do meu saudoso Grande Otelo, que foi meu pai na novela e meio que pai artístico também, porque conversava muito comigo sobre disciplina e postura!

Como você avalia a TV hoje em dia em relação quando começou na Globo na novela “Renascer”? Meu mais recente trabalho na TV foi “Fina Estampa” de Aguinaldo Silva. Eu posso dizer que andamos pra frente mas não evoluímos muito o quanto gostaríamos na questão do negro na TV.


A fama te levou para posar nua em Marrocos. Foi uma experiência inesquecível ou hoje não te encanta mais? Posar para PLAYBOY foi um desafio e tanto. Um trabalho incrível, inesquecível, marcante pra mim e pra quem fez parte da produção. Foi uma das produções mais trabalhosas eu diria. Eu adorei o resultado. Está no ranking até hoje!!

Como foi posar nua e chegar a ter tido proposta para ser "negociada" por camelos por um Sheik? Esse fato foi bem inusitado e entrou para a história da PLAYBOY. (Risos) Nossa essa história do tentarem me comprar, e trocar por camelos foi a mais esquisita que já vivi!!! Mas nos saímos muito bem, apesar do medo do sheik me roubar rs. O Marrocos é encantador. Conheci lugares lindos como o sul da França, Madrid, Portugal, mas quero muito mais como disse antes.

Ter sido um símbolo sexual nos anos 90 te trouxe alguma "responsabilidade" de nunca deixar a beleza cair? Essa responsabilidade de ser sempre um sex symbol existiu ou existe ainda? Olha, eu nunca me preocupei com os rótulos ou títulos que me deram. Eles passam! Eu procuro estar bem comigo mesma, com minha cabeça e meu corpo sim até porque preciso dele para trabalhar e fazer diversos papéis me adequando á eles. Minha preocupação é de fazer bons papéis, desafiadores que possam modificar uma sociedade, que digam algo para a alma das pessoas.



Como você cuida do corpo e lida com o espelho hoje em dia? Eu lido muito bem com o espelho. Sou crítica. Me alimento bem, faço atividade física o máximo que posso e posso dizer que hoje capricho muito mais (risso). Meu verbo agora é "caprichar".

Você foi casada por um bom tempo e desse relacionamento vieram dois filhos. O que é mais difícil e mais prazeroso no casamento ao longo do tempo? Bem, estou separada há mais de 2 anos. Desse casamento vieram 3 filhos lindos.Analuz,15, Jamal Anuar,13 e Kalel de 2 anos e sete meses. Dividir a vida e um lar com alguém não é nada fácil. Tivemos uma história que fica para sempre.





O que os homens ainda não sabem sobre as mulher e precisam saber urgente? As mulheres querem ser respeitadas por serem independentes, amadas e valorizadas.

E o que você inveja nos homens? O que mais admira? Eu não invejo os homens não sabia?! (risos) Adoro ser mulher, e toda essa força que temos. Nossa conexão com Deus é tão grande e íntima que nós geramos a vida sob sua proteção!

Quais os planos daqui por diante? O que podemos esperar de Isabel Fillards por aí? Eu planejo continuar a ser feliz! Trabalhar com aquilo que amo fazer. Dar vida a mais e mais personagens que eu possa aprender com eles. Viajar, conhecer lugares. Vocês ainda vão me ver muito, e ouvir falar meu nome!



Fotos Nilo Lima
Direção criativa Marco Antonio Ferraz 
Make-up Thiago Brandão 
Modelo Raul Terra 
Tratamento de imagem Marcus Leandro e Nilo Lima 

Isabel usa vestido do estilista Kleber Vieira (capa)
Matéria: Kleber Vieira, Cavendhsh, Casa do Peão, Chapelaria Viçosa, Valentino, Animale; Ele usa: Banana Republic. Agradecimento especial Monica Andrade e Sônia Fillardis

Nenhum comentário:

Postar um comentário