sexta-feira, 1 de abril de 2016

CAPA: Raphael Sander conquista seu espaço com talento e uns bons drinks em "Totalmente Demais"

Sempre pronto para um novo desafio, o ator Raphael Sander rodou o mundo como modelo, morou fora por muitos anos e aprendeu na prática como se adaptar a novos ambientes. Mais ou menos como ele tem feito desde o ano passado quando fez sua estreia na TV atuando em “Verdades Secretas”. De cara encarou cena de nudez ao lado de uma grande atriz e arrebatou o público e a crítica. Resultado, um novo desafio bateu à sua porta e Raphael mais uma vez está tirando de letra viver o Charles na novela “Totalmente Demais”. E assim segue conquistando seu espaço e indo de encontro a novos desafios. Conheça um pouco desse cara tranquilo e disposto a aprontar muito daqui pra frente.

Depois de muito batalhar finalmente ano passado você fez sua estreia na TV, em “Verdade Secretas”, e agora segue com novo personagem, Charles em “Totalmente Demais”. Como foi o início dessa nova jornada? Que desafios tem encontrado? Muito desafiador. Felizmente eu tive a sorte de trabalhar com profissionais de grande excelência que me ensinam muito diariamente. Primeiramente com o Walcyr Carrasco e o Mauro Mendonça Filho, assim como grande parte elenco que tive o privilégio de contracenar. E, agora, com a Rosane Svartman, Paulo Halm e o Luiz Henrique Rios que me deram essa oportunidade incrível de fazer o Charles de “Totalmente Demais” que é o oposto do Léo de “Verdades Secretas”. É um prazer trabalhar com este elenco incrível. Apesar de ser desafiador, é muito divertido, sou apaixonado pela profissão. Adoro a adrenalina do desafio. 



Você ainda sente que existe algum pré-conceito em relação a modelos que viram ator? A cobrança é maior? Não acho que o meu desafio seja maior que de qualquer outra pessoa que almeja a carreira de ator, só pelo fato de eu ter trabalhado como modelo antes. Os desafios são grandes para todos. É diferente para cada pessoa, de acordo com sua própria experiência, mas é igualmente desafiador para todos, eu acho. 

Sua participação em “Verdade Secretas” foi marcada com a cena final que teve nudez e contracenando com uma grande atriz (Marieta Severo). Você acha que o burburinho todo foi pela cena ou por estar contracenando com uma atriz consagrada como Marieta? Como foi para você fazer a cena? Com certeza o peso da atriz com a qual eu contracenei, Marieta Severo, corroborou e talvez tenha sido até definitiva para a repercussão que ocorreu, logo após a cena ir ao ar no capítulo final de “Verdades Secretas”. Nada foi por acaso. Escolhi um figurino, junto com a figurinista com antecedência e que fosse fácil de tirar, afinal o Léo era especialista em tirar a roupa (risos). Levei o figurino pra casa pra ensaiar tudo. Minha maior preocupação foi com o quilate da atriz com quem eu estava contracenando. O que me deixou mais tranquilo foi que semanas antes eu havia visto uma entrevista com Tony Ramos no programa “Ofício em Cena” no Globo News em que ele disse que em cenas iguais essa, ele sempre consultava a parceira antes. E foi exatamente o que eu fiz. Conversei com a Marieta, ela aprovou minha iniciativa e me liberou para que eu ficasse completamente à vontade. Diante do aval de uma atriz tão importante, eu fui tranquilo para a cena. 

Como está sendo participar de “Totalmente Demais” interpretando o barman Charles? Já faz uns bons drinks na vida real? Está sendo uma experiência de muito aprendizado. Meus colegas de cena me ensinam muito. O desafio de emendar uma novela na outra fazendo personagens bem diferentes está me provocando um crescimento profissional muito bacana. O Charles é um cara muito legal, do bem, romântico e tradicional. É muito divertido fazer esse personagem. E, aprendi bons drinks com as aulas de coquetelaria que a emissora preparou para mim.  



Falando da vida de modelo... Como foi o início e o que você traz na bagagem? Não foi fácil. Mas eu sempre tive muita dedicação, coragem e sorte também. Foi o que me proporcionou chegar até aqui. Carrego na bagagem 6 anos morando fora do Brasil, sendo cinco deles em Londres e um entre capitais mundiais como Milão, Paris, Hamburgo, Tóquio e Atenas. Eu viajei muito, foram mais de 50 cidades espalhadas por uns 15 países diferentes. Trabalhei com grandes estilistas consagrados mundialmente e com fotógrafos renomados como Mário Testino e Michael Roberts. Foi uma experiência única de muito aprendizado. 

Qual seu estilo na hora de se vestir e que importância a moda tem para você? Moda é arte. A moda é uma linguagem universal que expressa, comunica, conta um pouco sobre você e o seu tempo. Acho que não tenho um estilo específico. Sou simples. Tenho uma hipótese de que a cada dia eu personalizo um estilo diferente pra mim mesmo, dependendo das condições. No Rio de Janeiro, com esse calor, sempre que posso uso chinelo e bermuda.





Trabalhar como modelo te fez ficar mais vaidoso? Como você lida com o espelho e como se cuida? Eu li há pouco tempo um trecho de um livro do Eugênio Kusnet. Ele dizia mais ou menos assim, nas minha palavras: "que nós artistas, seja modelo ou ator, somos requeridos a ser vaidosos por causa da nossa arte que é exibicionista por natureza. Sempre buscamos estar no melhor para nossos espectadores. A vaidade deve ser construtiva e não prejudicial ao trabalho coletivo." Acredito muito nisso também. Eu não me preocupo com o espelho, cuido do meu corpo com uma alimentação balanceada e exercícios físicos diariamente. 

O assédio é bem maior agora com a exposição como ator do que como modelo? E como você tem lidado com isso? Com certeza. Eu fiquei surpreso e feliz com a aceitação do público pelo meu trabalho. E é sempre muito legal, as pessoas são carinhosas e queridas. Respeito muito a admiração das pessoas pelo meu trabalho. 





O que é mais difícil num relacionamento à dois? Cada caso é um caso. Não existe uma tabela. No amor somos todos inexperientes.   

Onde homens e mulheres se diferem em um relacionamento e como contornar as diferenças? Somos muito diferentes por natureza mesmo, biologicamente. O respeito é o caminho. Mas onde os gêneros se diferem num relacionamento é difícil dizer por que cada caso é um caso. 

Quando você está interessado em uma mulher como demonstra? Que “táticas” de conquista costuma usar? Não penso nisso na hora. Simplesmente acontece. Para mim, o caminho da sinceridade com elas sobre os meus sentimentos e interesses é sempre melhor e pode gerar relacionamentos mais sério. 

Você é mais do dia ou da noite? O que curte fazer para relaxar? Eu sou mais do dia. Mas posso viver à noite tranquilamente. Para relaxar, gosto de ver um bom filme, namorar, ir à praia, à academia, sair com os amigos. Essas são algumas coisas que eu faço.





Fotografia Thalita Jeovanini
Produção executiva Marcia Dornelles (www.mdproducoes.com)
Estilo Marco Antonio Ferraz
Direção Criativa Octavio Duarte
Beleza Nina Lima
Tratamento de Imagem Marcelo Kaufmann
Studio OD (www.studiood.com)
Agradecimento: Hotel Novotel Barra, rede Accor

RAPHAEL VESTE: 
Look 1 - calça Agathos, camisa Lonny Jeans; Look 2 - camisa cinza com capuz Von der Volke / calça Poggio; Look 3 - t-shirt Agathos / camisa social Poggio / calça Agathos
Acessórios: Handmade Rio (www.handmaderio.com)
Óculos Emporio Armani L Ótica Twins

Nenhum comentário:

Postar um comentário