terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

ESTILO: Vista-se bem para o trabalho, do formal ao mais despojado

A forma como nos vestimos diz muito mais sobre nós do que imaginamos. E isso no trabalho esse é um "detalhe" que pode fazer toda a diferença, para melhor ou para pior. Saber qual a roupa ideal para o trabalho é uma dúvida muito comum hoje em dia. Pois cada vez mais as empresas têm adotado posturas menos conservadoras, especialmente em regiões mais quentes do país. Então muitas vezes ao invés de ajudar termina se criando mais dúvidas, pois nem todas as empresas adotam essa postura. Mas principalmente é importante observar três requisitos básicos, a profissão, o cargo e a empresa em que você trabalha (ou vai trabalhar). Em geral a roupa de trabalho ficou mais "relaxada" e flexível em muitos casos. Muitas empresas permitem que seus funcionários usem jeans como traje do dia a dia, em se tratando de funções e empresas menos formais. 

O importante é se vestir de forma que as pessoas percebam qual o seu cargo na empresa, já que partimos do princípio que a roupa projeta uma imagem de nós mesmos. O que vai variar, como falamos, é o tipo de trabalho que a pessoa exerce. Por exemplo, advogados e empresários de grandes corporações não tem como fugir do habitual terno, mesmo em regiões quentes. Já arquitetos, publicitários ou profissionais das áreas de cultura têm mais liberdade na hora de escolher o que vai usar. No caso deles, muitas vezes quanto mais "descolado" mais legal parece ser a pessoa. Porém, sempre com o básico de bom gosto e coerência.

Mas voltando aos mais formais, deve-se sempre usar o bom senso na hora da escolha do que vestir. Bermuda (por mais bonita e social que ela seja), calça jeans rasgada ou modelo skinny, camisetas gola V e chinelos são proibidos em um traje de trabalho. Diante disso, o homem deve se vestir de maneira adequada levando em conta também o horário de seu serviço, local e tipo de atividade que exerce. Outro ponto fundamental para o sucesso de suas produções é analisar a maneira que os demais empregados se vestem para que exista uma certa harmonia, e você não corra o risco de pecar por exageros em luxo ou falta dele destoando dos demais colegas de trabalho.


Nos ambientes corporativos de trabalho mais formais, trajes sérios e elegantes são fundamentais para manter uma boa aparência. Costumes em tons escuros e cortes certos garantem seu estilo adequado. A peça-chave do guarda-roupa masculino é o terno. Apesar de, para você, parecer ainda mais difícil se vestir com trajes sociais todos os dias para trabalhar, a situação é bem mais simples do que você possa imaginar, já que seu look básico se torna praticamente um uniforme e não perde muito tempo pensando no que usar. Suas opções limitam-se à escolha de cores e as combinações entre calça social, camisa, paletó e gravata apenas. Aliás, a gravata é que vai dar um diferencial, pois trará um toque mais pessoal ao look. Para esse estilo é aconselhável que se tenha ternos e costumes de cores sóbrias como azul marinho e cinza. A cor da camisa ideal é a branca ou cores claras com listras discretas, e os sapatos de preferência pretos. Lembre-se que cinto e meia devem combinar com os sapatos.

Se a roupa diz muito quem somos, às vezes você deve usar isso a seu favor se vestindo para projetar uma imagem, já a roupa nos permite isso. É uma forma diferente de encarar o guarda-roupa de trabalho que termina nos mostrando que a moda pode, sim, ser prática e refletir os anseios de cada um. Isso sem precisar fazer grandes sacrifícios para estar bem-vestido, e o melhor, sem gastar muito. Para isso basta escolher as peças ideais que melhor se encaixem no seu perfil e do seu ambiente de trabalho. Outra dica importante, antes de se vestir, confira sua agenda os compromissos para aquele dia. Caso tenha uma reunião ou encontro com funcionários de outra empresa onde o traje formal seja exigido, o melhor a fazer é investir em um look mais elaborado com ternos ou costumes.
Pensando nisso, se as suas atividades forem normais, você pode escolher as roupas como de costume. Aquelas combinações clássicas informais mais indicadas para a rotina na empresa que vão de uma simples calças jeans, à blazers, jaquetas, sapatênis, camisas e camisa pólo básica. Não tem erro. Por falar em erro, evite usar camisetas estampadas, a não ser que você seja, ou queira parecer, estagiário ou bastante jovem e trabalhe em uma atividade mais descontraída. É importante lembrar que mesmo mais relaxadas, as regras de moda para escritórios mais descontraídos não são as mesmas das que regem os seus passeios no final de semana, portanto, bermudas e camisas de time de futebol são proibidas para a sua rotina de trabalho. Isso também fica de fora.

A ROUPA CERTA PARA CADA ESTAÇÃO

Sabemos que cada estação pede um tipo de roupa, se é inverno, usamos roupas de tecido mais grosso e mais peças de roupas, se é verão, roupas leves e cores mais variadas são o básico. Porém alguns detalhes são importantes de se observar de acordo com a estação:

VERÃO – Talvez a estação mais difícil de se manter na linha, especialmente para quem mora no Norte e Nordeste. Escolha jeans mais leves, já que o calor é mais intenso durante o dia inteiro, e nos pés, use dockside ou mocassim (sem meias). Os tênis mais básicos também são confortáveis e estilosos. Já para quem não tem escapatória e usa terno, escolha os que são feitos com lã fria, que não superaquecem. E use uma camiseta básica por baixo para absorver o suor. Se você é daqueles que sua muito, lembre-se de levar uma camiseta extra, caso tenha uma reunião ou encontro de negócios no mesmo dia.

INVERNO – Quando chega o inverno é mais fácil ficar elegante. Se a pedida é formal, os costumes são os mais indicados. Se possível (e necessário) coloque um suéter ou sobretudo para aquecer. Se o estilo é mais informal, escolha um bom jeans escuro e peças clássicas como uma camisa com blazer, que vão substituir o paletó. Se o estilo é mais informal, a boa calça jeans que pode ser combinada com moletom, jaqueta de nylon, jaqueta de couro, cardigã, blazer... vai depender do seu estilo e de onde você trabalha.

É isso, dosando estilos e maneiras de usar visando o tipo de trabalho que você faz, e o local, com poucas peças você estará sempre bem vestido. Na hora de escolher suas roupas nas lojas, pense sempre de que forma elas serão usadas no trabalho. Lembrando que quanto mais discretas e básicas elas forem, melhores maneiras de combiná-las entre sí. Não tem mistério, basta ter bom senso e se adequar da melhor forma à sua realidade de trabalho.

Um comentário: