sexta-feira, 27 de novembro de 2015

CAPA: Jesus Luz - Sempre à postos para um novo sucesso, seja como DJ, modelo ou ator

Um cara tranquilão e que corre atrás dos seus sonhos (e realiza!), é o que podemos definir sobre o modelo / DJ / ator Jesus Luz. Isso mesmo, Jesus se divide entre essas três funções, que adora e cada vez procura ficar ainda melhor. Para ele nada é por acaso e as oportunidades tem que se agarradas com todo empenho. Do encontro com Madonna, há alguns anos atrás, até hoje muita coisa aconteceu e cada espaço conquistado ele mostrou sua determinação sem desperdiçar nada. Tanto que anos depois do encontro com a pop star mundial ele está aí, abrindo caminhos e conquistando fãs. E claro, garantindo mais uma capa na MENSCH (a 1ª foi em dezembro de 2011).

Jesus, desde o auê por conta do relacionamento com Madonna e a sua projeção já passaram alguns anos. Que análise faz dessa trajetória até aqui? Só tenho que agradecer por tudo que aconteceu e tem acontecido até hoje. As coisas estão fluindo naturalmente. Acredito muito no poder da lei da atração e tento sempre deixar uma mensagem de amor onde passo. Obrigado a todos que fazem parte disso tudo! 

Faria algo diferente? Algum arrependimento? Não e também não me arrependo de nada. Tudo acontece no momento certo na vontade de Deus. 

Você viveu picos de “audiência” com altos e baixos na mídia. Como você vê a fama e o sucesso? Algo mudou na sua forma de ver tudo isso? Todos nós vivemos altos e baixos na vida, mas não concordo que vivi altos e baixos da mídia. Temos que saber lidar com todas as situações. Nunca deixei de trabalhar e de fazer os meus projetos. O importante é acreditarmos no que fazemos e seguirmos sempre trabalhando honestamente. Ser digno e trabalhar com amor não tem nada de baixo.

O Jesus modelo de 2008 e o Jesus ator de 2015 são muito diferentes? Sou a mesma pessoa. A diferença é que no meu início, eu era bem mais novo, iniciando uma profissão e hoje, adquiri muita experiência, tanto na vida pessoal quanto na profissional, incluindo as minhas três carreiras: DJ, modelo e ator. Minha essência continua a mesma, graças a minha família, amigos e fãs. 


Com a fama veio o assédio das mulheres e da imprensa. Isso te incomodou em algum momento? Como lida com tudo? Nunca me incomodei e sou um cara tranquilo. Em relação à imprensa, só me incomodo quando falam alguma mentira sobre mim, principalmente porque não costumo falar sobre a minha vida pessoal, mas procuro respeitar e atender a todos os jornalistas. Sobre as fãs, agradeço por todo o carinho e respeito. Sem eles, não faz sentido. 

Como foi sua estreia como ator? Foi muito cobrado ou se cobrou mais que os outros? Pretende seguir com a carreira de ator? Foi maravilhosa! Primeiro, fiz uma participação em “Aquele beijo”, onde vivi o Zé bonequeiro e atuei ao lado da minha amiga Claudia Jimenez. Depois, em 2013, veio a chance de interpretar o Ronaldo, na novela “Guerra dos Sexos”, onde também pude atuar e contracenar com grandes atores. Se tiver oportunidade, claro que quero voltar a trabalhar como ator, tanto na TV quanto no teatro. Conciliando com a minha agenda de shows, tudo dá certo. 


Falando nisso, e como vai a vida de DJ? O que tem ouvido e curtido colocar para os outros ouvirem? Está ótima. Continuo com a minha turnê “Electrified”, viajando por todo o Brasil e exterior também. Nesse ano, visitei boa parte do Brasil, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal. 

Verão chegando..., você adora praticar esportes como surf. Qual sua rotina de exercícios e esportes? Como cuida do corpo? Nunca deixo de cuidar de mim e do meu corpo. Tenho uma rotina de malhação e de dieta, onde priorizo uma alimentação mais saudável. Algumas vezes, dou uma escapadinha, mas nada que me faça pesar tanto a consciência. Além disso, estou sempre praticando esportes como o crossfit, na praia, flyboard e wakeboard. E, claro, sempre que posso, subo a Pedra da Gávea, aqui no Rio, que é um treino e tanto. (Risos)

Você é um praticante do flyboard. Como é para você? É uma sensação indescritível, como se eu estivesse voando mesmo. Aconselho a todos a experimentar esse esporte. 

Falando nisso, como foi participar do Saltibum? Vai continuar com os saltos na piscina? Foi um desafio e tanto, mas como adoro adrenalina, me senti em casa. Salto, mas por diversão, em lugares seguros e na natureza. De forma amadora, claro. (Risos)

Você curte tanto programas como uma praia com amigos como uma balada até altas horas? O que te diverte mais? Viajar com muitos amigos para lugares que eu possa entrar de cabeça na natureza. Como trabalho como DJ, a balada já é mais comum pra mim. 

É um cara muito vaidoso? Até que ponto vai sua vaidade? Sou vaidoso em relação ao meu corpo e como disse antes, procuro sempre praticar esportes e manter uma boa alimentação. Faço acupuntura facial e não pego sol sem protetor solar.

Na hora da paquera acha que as mulheres estão muito afoitas? Já se sentiu “usado” e “descartado?” Quem nunca? Acho que estamos numa fase em que as mulheres estão começando a atingir mais respeito principalmente na área profissional, mas ao mesmo tempo querem agir como os homens e acabam ficando mais "afoitas", como você disse (Risos). Não vejo problema algum nisso. 

O que uma mulher precisa ter para chamar sua atenção? Além do sex-appeal, ter uma cabeça e índole boa, gostar de ler e de música eletrônica. Se souber cozinhar, também...

Qual sua maior virtude? Tenho muita força de vontade e determinação. Quando quero alguma coisa, corro atrás. Minha fé sempre me salvou. 


E qual sua trilha sonora para esse verão? “Blame” (Calvin Harris (Blame), “We will rock You” - remix versão eletrônica (Queen), ”Can´t feel my face” (The Weekend), “Cheerleader” (Felix Jaehn) e “Runaway” (Galantis). E claro que não poderá faltar “This is House Music”, minha última produção e que a galera tem curtido muito nos shows.

Fotos Márcio Carvalho
Styling Wesley Dufrayer
Beauty Thiago Brandão
Agradecimento The Clube (roupas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário