segunda-feira, 5 de outubro de 2015

FITNESS: O treino funcional (ao ar livre) de Sérgio Marone

Verão chegou e vamos suar a camisa para fazer bonito na praia. E falando nisso que tal um treino na pria? Para complementar o treino na academia o ator Sérgio Marone, também pratica treino funcional. Só que um detalhe, na academia de praia. Com foco e determinação ele não abre mão do seu treino e aqui relata algumas barreiras nos dando dicas de como seguir em frente em busca do corpo em forma e saudável.

Faz uns anos que uma febre fitness desembarcou por aqui e vem mudando o hábito dos fiéis frequentadores da academia, como eu: o treinamento funcional. Comecei a praticar há seis meses com meu personal de SP, o Ruy Mello. Hoje treino com o meu personal carioca Diogo Clarindo 3 vezes por semana na Bodytech ou na “academia dos Flintstones”, no Arpoador (uma academia comunitária que tem um visual incrível da cidade maravilhosa). E quem me acompanha no Instagram sabe que eu não desanimo – faça chuva ou sol, meu despertador toca às 5h30 da matina e eu treino até no final de semana, sempre dando dois dias de descanso e recuperação pro corpo.



FOCO, DETERMINAÇÃO E RENÚNCIA

Não sou desses que acorda feliz as 5 da manhã para ir fazer o meu treinamento funcional. Claro que dá preguiça e eu vou logo avisando que o maior desafio é o da mente, que sempre dá um motivo para não treinar. Sou igual a grande maioria, tenho que decidir se vou treinar ou se vou ficar na cama. Cada dia é um dia e cada dia uma escolha, uma superação. Foco e renúncia fazem parte do meu cotidiano nos últimos meses. Inúmeras vezes saí cansado do trabalho e me neguei a ir pra casa, a renúncia de sair à noite, de ficar mais um pouco na cama de manhã, ou de ficar de preguiça num domingo nublado.

MUSCULAÇÃO X TREINAMENTO FUNCIONAL

A diferença básica para a musculação tradicional é que numa rotina de treinamento funcional você não cuida de uma parte do corpo por vez. Nas séries de exercícios, flexibilidade, força, equilíbrio e mais outras diversas coisas são trabalhadas simultaneamente e não só te deixam em forma como também tornam o corpo mais eficiente.




Listei alguns benefícios que andei sentindo com o treinamento funcional, pra te convencer a encarar uma rotina mais desafiadora de exercícios:

1. Você ganha massa muscular - Não vai achando que o treino é fácil como um daqueles circuitos que você fazia na aula de Educação Física. Pode se preparar para levantar muito peso, mas de forma diferente da que você se acostumou. Alteres, kettlebells e barras fazem parte do dia a dia, mas o trabalho com eles é muito mais puxado. Talvez você tenha que associar força + agachamentos, remadas, arremessos… Sentiu o drama?


2. Você enxuga gordura - Ao contrário de uma sessão de musculação, onde você só precisa fazer força, é preciso trabalhar muito a parte aeróbica. Saltos, exercícios de resistência com elásticos, tiros e até pulos fazem parte da coisa toda. Teste para cardíacos, minha gente.

3. Dá aquela força no abdômen - Essa coisa de manter o equilíbrio vai te fazer ficar atento ao centro do seu corpo, ou seja: quadris, barriga e lombar estão sempre em atenção e contração. As dores nas costas e a postura melhoram e, de quebra, você não dará descanso para os músculos abdominais, que acabam mais definidos.

4. Melhora de postura - Não é fácil carregar diariamente essa carcaça de 1,93m de altura. O Funcional melhorou bastante minha postura, e consequentemente minha sensação diária de bem estar.

5. Melhora condicionamento físico e mobilidade - Sim, além de um melhor preparo físico, posso dizer que aos 34 anos estou no auge da minha carcaça - o funcional causa uma melhora na mobilidade diária, do dia a dia, movimentos banais como pegar uma caixa no chão são executados de maneira mais consciente, evitando assim lesões bobas. Também privilegiamos exercícios e movimentos que fazem parte do nosso dia a dia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário