terça-feira, 31 de março de 2015

PALADAR: Os sabores do México em uma viagem gastronômica pelo Festival Gourmet Internacional

Final do ano passado a MENSCH foi convidada para conhecer o Festival Gourmet Internacional que acontece no Riviera Nayarit, em Puerto Vallarta. O lugar, um dos inúmeros pontos de interesse da extensa baía das Bandeiras, tornou-se o segundo maior destino turístico do México com centenas de quartos e sistema de estadia com todas as refeições incluídas, mas a particularidade do Riviera Nayarit é atender a diversos tipos de viajantes. A praia de Sayulita, por exemplo, com ondas baixas, é a melhor do país para aprender a surfar e é onde se concentram os mochileiros, já San Pancho, atrai os turistas alternativos-chiques. 

Há tempos a costa mexicana do Pacífico é influenciada pela refinada cozinha europeia e especiarias da Ásia, o que lhe confere um toque especial e diferenciado. Das dobladitas de banana recheadas com feijão, sopas de ostras, polvo servido ao estilo San Blas, frutos do mar empanados com pimentas e coco, pescados, enchiladas, caldo de camarão, aguachile, entre outras iguarias. A gastronomia também faz parte das belezas naturais, enchendo os olhos dos apreciadores de uma boa comida.


Uma vez por ano, um elenco estelar de chefs nacionais e internacionais vindos de diversas partes do mundo como África do Sul, Suécia, Argentina, Itália, Espanha, Índia e Estados Unidos, especialmente convidados vêm para Puerto Vallarta compartilhar seus conhecimentos com os chefs talentosos de alguns dos melhores restaurantes locais e em torno de Banderas Bay. 

Foi em março de 1995, que o encontro entre Thierry Blouet e Heinz Reize levou à ideia de promover a gastronomia de Puerto Vallarta no cenário mundial. O festival que dura dez dias, em seu início, buscava recuperar o prestígio da gastronomia, tanto nacional como internacional, mas há muito já ultrapassou essa meta. O formato original onde cada restaurante anfitrião colabora com um chef convidado, se mantém até hoje. Contudo, cresceu para mais de trinta chefs nos últimos anos e a tendência é aumentar ainda mais, já que vários chefs no mundo aguardam o convite para fazer parte do evento.

Com a chegada, em 2000, do Chef Roland Menetrey, como associado e a extensão do evento para a Riviera Nayarit e Tepic, permitiu que o festival se tornasse ainda mais intenso na categoria boost fine dining. Atualmente, o festival é reconhecido como o melhor evento gastronômico do país e também um dos maiores do continente. Ao mesmo tempo em que celebra chefs renomados no mundo, o evento apresenta chefs promissores.

Durante a minha viagem para o México eu tive a incrível oportunidade de ficar em Riviera Nayarit para o festival. Eu não tinha muita noção de onde ficava Riviera Nayarit, além do fato de saber que era a poucos minutos de distância de Puerto Vallarta e a algumas horas de avião partindo de Los Angeles.

Fiquei hospedado em alguns hotéis incríveis, mas o que mais me chamou atenção, sem dúvida, foi o The St. Regis Punta Mita Resert com o sistema de all inclusive comparável a nenhum outro. O St. Regis é um AAA cinco estrelas incrível com uma decoração clássica mexicana, mas ao mesmo tempo com um tom de sofisticação de gosto impecável.  

Estávamos lá especificamente para conhecer e cobrir o Festival Gourmet Internacional que ocorre no mês de novembro, mas a experiência gastronômica se estendia além do festival. Há chefs convidados e menus especiais que não devem ser desperdiçados de forma alguma. Cada prato foi uma experiência gastronômica incrível, além de verdadeiras obras de arte. Em geral, tudo muito bem apimentado.  Quem não está acostumado com pimenta, sofre um pouco no início.

Além do festival em si outros eventos paralelos são igualmente espetaculares: o coquetel de inauguração para introduzir os chefs visitantes regado a muitos drinks de tequila, o fantástico brunch de domingo com Mariachi tradicional e a beach party em Eva Mandarina com direito a um café da manhã no Bistrô Orgânico (ver box).

Mas a melhor parte deste evento de 10 dias é que cada restaurante participante recebe um mestre chef convidado para criar um festival muito próprio - e isso significa que você tem uma infinidade de oportunidades únicas para saborear menus de classe mundial inspiradores.


Como Riviera Nayarit não é só festival, na pacata vila um lugar chama atenção por prestar uma “homenagem” à Terra e ao prazer dos sentidos. O Organic Bistro Hotel Cielo Rojo que fica localizado em San Pancho. Perfeito para quem prefere uma culinária mais natural e com sabores autênticos, lá tudo é feito para promover o cuidado ambiental e os produtores da região dão suporte para isso, através da utilização exclusiva de matérias-primas saudáveis e da mais alta qualidade produzida no local. Lá todo o menu é baseado em frutos do mar, algas, vieiras, legumes, frutas e sementes orgânicas. 

O responsável por toda essa maravilha é o chef Calixto Gattas, um argentino que foi para o México há sete anos e apaixonou-se pelo local tanto que nunca mais voltou para sua terra natal. O interesse pela exuberância local resultou numa busca incessante para conhecer e criar novos sabores. Com sua tranquilidade e simpatia de quem vive no local certo e faz o que adora, Calixto explica que sua cozinha é orgânica e respeita a cadeia alimentar para evitar o uso de peixes ameaçados de extinção, entre outros.

A parte de bebidas e drinks não fica atrás dos pratos preparados no Bistrô, com uma carta de vinhos com 80% de marcas mexicanas o outras latino-americanas, além de coquetéis à base de tequila e sucos de frutas. Em resumo uma proposta autêntica em degustar uma culinária local e uma formação de uma consciência sustentável e mais saudável sem abrir mão do sabor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário