quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

MUSA: Raquel Nunes a talentosa musa da Record entre lençóis

Raquel Nunes é quase uma mulher à moda antiga. Quase porque ela curte a independência conquistada pelas mulheres, mas não curte um homem que não seja gentil como os de tempos atrás. Casada e com filhos, Raquel deixa algumas dicas de como manter a chama no casamento, fala sobre os erros e acertos na hora da conquista e que vaidade em demasia, é coisa do universo feminino. Conheça um pouco mais dessa talentosa atriz da Record.

Atualmente vivendo uma perua na série na nova da Record, como foi sair da sofredora Rispa (de Rei Davi) para a Renata de Plano Alto? Foi muito fácil! (risos) Até porque tive um tempinho de intervalo para me desvencilhar da personagem. E como era uma personagem de época, mais distante da realidade, é mais fácil o desapego. E sem contar que a Renata me atraiu muito, desde minha primeira leitura dos capítulos! Que maravilhosa, forte e poderosa ela é! 

Sua personagem Renata termina descobrindo os vários escândalos do marido deputado. Esse tipo de coisa já ficou tão comum na vida real que se torna mais fácil interpretar na ficção? Sim, ajuda. Quando você tem referências da realidade para usar na sua trama te ajuda a compreender o lado e os motivos da personagem. Se fosse interpretar a mesma trama numa época em que não se via muito esses casos de traição, de exposição, eu teria um pouquinho mais de trabalho para entender as atitudes da Renata.

Como você, cidadã, vê a atual situação política e em que ponto está seu nível de esperança que as coisas mudem? Eu sempre fui muito otimista em relação às mudanças e melhorias do nosso país. Da nossa política, nunca achei que não tivesse mais jeito. Mas agora a situação está se mostrando bem mais feia e grave, e eu acredito que, às vezes, na vida, em vários aspectos, temos que ver a situação bem crítica, chegando mesmo ao fundo do poço para que, talvez, desperte através da gravidade, um sentimento jamais vivido antes. Que os envolvidos se toquem, se comovam mesmo e decidam mudar e melhorar. Acredito nisso, em um dia em que os responsáveis sejam tocados verdadeiramente e mudem algo dentro de si, enxergando que o bem e a honestidade valem a pena!

A política é uma arma de sedução assim na hora da conquista? O poder seduz? Acho que o poder tem seu valor sim, seduz. Todos gostam de pessoas que conseguiram algo na vida, que têm um espaço reconhecido e especial. Mas o grande problema de hoje é que as pessoas estão se levando e se deixando seduzir somente por isso, pelo poder, e não enxergam mais os outros valores que são muito mais importante e determinantes para se chegar a uma verdadeira felicidade na vida. Os valores estão invertidos. Estão colocando o amor e outras qualidades abaixo do poder. 


Falando em poder de sedução, as mulheres ainda têm essa vantagem maior em relação aos homens? Indiscutivelmente! Sempre! Faz parte da natureza humana.

O que te seduz em um homem? O senso de responsabilidade, a seriedade com que encara a vida e seus relacionamentos, aliada a um senso de humor na medida e na hora certa. A maneira de tratar uma mulher, o valor que sabe dar a ela.

Sabemos que hoje em dia você está casada, mas que armas costumava usar na hora de seduzir? Ser eu mesma, mostrar que tenho um bom papo, inteligente, que sou carinhosa e atenciosa, que tenho uma cabeça bacana, mas claro, tudo isso com uma pitada de olhares, charminho, que as mulheres fazem melhor que os homens. (risos)

Para manter a chama acesa durante um casamento, o que se torna mais importante sexo, amor ou cumplicidade? É algo mesmo que sempre temos que ficar atentos num casamento! Porque depois de anos é fácil a chama se apagar. Difícil é termos consciência disso e não deixarmos isso acontecer. Devemos procurar sempre enaltecer e lembrar das qualidades do parceiro(a) com quem se casou, sendo amigo, companheiro e romântico. Misturando esses ingredientes, conseguimos continuar amando, conseguimos ser cúmplices e conseguimos fazer um sexo maravilhoso!


Onde os homens estão acertando e errando na hora de conquistar e manter uma mulher? Acho que estão perdendo um pouco o romantismo e a gentileza no trato com a mulher. Até por conta dessa independência feminina, a mulher acabou assumindo vários papéis, inclusive papéis que eram dos homens. Isso os assustou um pouco e eles já chegam numa relação achando que os dois são iguais, que têm os mesmo direitos e deveres. O que não acho que seja verdade. A mulher (algumas, não todas), ainda gosta de ser paparicada, tratada com carinho, com favores, com atenção e de sentir que o homem está à frente de algumas atitudes ainda.

E em relação às mulheres, elas estão avançadas demais? Meio que cometendo os mesmos erros que criticavam nos homens? Sim, as mulheres na sede pela independência, acabaram avançando um pouco demais e se igualando aos homens em aspectos em que não deveria ter essa igualdade. Achando que podem fazer as mesmas coisas que eles, mas acabaram sendo muito desvalorizadas por isso. Não se deve mexer em algumas coisas da natureza humana.


Onde as diferenças se completam na relação homem x mulher? Quando há aprendizado com o outro, com o erro do outro, compreensão, aceitação e quando percebe que o outro está conseguindo evoluir, melhorar e reconhecer aos poucos seus maiores defeitos na relação.

Que programa te seduz mais? Amo ir ao cinema e ao teatro com meu marido, ficar em casa tomando um vinhozinho e vendo um belo filme! E também curtir nossos filhos em programas voltados para eles.

Ser uma mulher bonita requer muitos cuidados, quais os seus? Cuido de minha pele religiosamente. Faço limpeza, máscaras... Sou muito bem cuidada por minha esteticista, designer de sobrancelhas e maquiadora Célia Reis. Ela é meu tudo! (risos) Cuido do meu corpo tanto para saúde quanto para estar sempre em dia com a boa forma, já que minha profissão exige isso. Faço aulas de dança, sou bailarina formada, musculação, corrida e caminhada. Bebo muita água. Mas, acima de tudo, cuido de meu espírito, procurando estar sempre em sintonia com Deus, aprendendo com as palavras e ensinamentos de Cristo e procurando aplicar tudo no meu dia-a-dia. A verdadeira beleza vem daí, da paz e aconchego interior.

O homem vaidoso te atrai? Até que ponto a vaidade masculina deve ir? Existem limites? O homem vaidoso na medida certa, sim. Acho que o homem tem que ser cheiroso, se vestir bem, mas o homem com a vaidade exacerbada não acho bacana! Quando passa dos limites fica feio. Tem que ser bem cuidado, mas ainda mantendo aquele "Q" de macho, sabe? 

Vida de atriz é um eterno jogo de sedução (entre personagem x público/plateia)? Eterno...você tem que sempre estar pronta para seduzir alguém, seja seus parceiros de cena, ou o telespectador que tem que se sentir atraído por aquela cena ou personagem que você está interpretando. Emprestar seus olhares e sensualidade à flor da pele quando a personagem exala sensualidade. Por isso, temos que estar sempre bem cuidadas e satisfeitas com nosso eu. Sempre com o estado de espírito leve e feliz, para conseguir passar isso para quem nos vê.

Realização Ju Hirschmann
Beleza Célia Reis
Fotógrafo Alessandro Cecconi
Produção GMP Assessoria de Imprensa
Agradecimento especial Radisson Hotel Barra - (21) 3139-8000

Nenhum comentário:

Postar um comentário