segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

BEBIDA: Os melhores espumantes para brindar nas festas de fim de ano

Um bom espumante é sempre um bom motivo para muitos brindes. A bebida que é a cara de celebração está sempre no topo da lista das bebidas mais consumidas durante as festas de fim de ano. Porém por mais popular que seja essa bebida, muita gente tem dúvidas na hora da compra e por muitas vezes pode acabar levando algo achando que parece ser muito bom e na verdade não é. Para isso é bom ter uma noção básica sobre espumantes (e Champagne). 

O espumante é um tipo de vinho cujas características e métodos de produção foram importados da França. Dos espumantes naturais faz parte a mais famosa de todas as bebidas, o champanhe, produzido na região francesa de Champagne, que acabou por virar uma denominação popular, porém equivocada, dos vinhos espumantes em geral. O verdadeiro champanhe ou champanha é um vinho branco espumante produzido no Nordeste da França, na região de Champagne, por meio da fermentação da uva através do método champenoise, tendo início com os monges Dom Pérignon e Dom Ruinart. 

A principal característica de um espumante é o seu perlage, ou seja, a formação de borbulhas que, partindo do fundo da taça, desenha correntes de bolinhas que se dirigem para cima e somem ao atingir a superfície do líquido. Uma dica é pedir para se fazer um teste na loja antes de levar pra casa várias garrafas para brindar com os amigos.

O seu processo de fabricação é demorado e caro, sendo praticamente o mesmo de séculos anteriores. A principal alteração no processo de produção foi introduzida por Nicole Ponsardin, a viúva de Felippe Clicquot (Veuve Clicquot), que desenvolveu um método para retirar todo o fermento da garrafa. Aqui no Brasil, todos os vinhos que têm espuma terminaram sendo chamados de espumante, que por conta do seu baixo custo e excelente qualidade, estão competindo no mercado internacional. Entre os melhores estão o Chandon, Aurora e Casa Valduga. O espumante brasileiro possui uma excelente aceitação, então caso não possa escolher pelo Francês, opte pelos brasileiros, pois quanto à qualidade, alguns afirmam que são melhores que os espanhóis e chilenos.

Muitas pessoas ainda têm receio em experimentar o espumante brasileiro e, muitas vezes, valorizam mais aquelas marcas estrangeiras consagradas. Recente pesquisa do Ibravin, Instituto Brasileiro do Vinho, mostrou que isso é um erro e que o Brasil possui espumantes deliciosos. Tanto que hoje em dia está se consumindo muito mais espumantes que em outros anos. Antigamente, 70% das garrafas eram vendidas no último trimestre. Hoje essa proporção caiu para 40%. Ou seja, estamos bebendo espumantes de forma mais contínua, com goles bem distribuídos ao longo do ano e das refeições - as borbulhas não aparecem só na hora do brinde.

Recentemente o UOL reuniu especialistas para eleger às cegas os melhores espumantes do tipo brut (ou seco) disponíveis no mercado. Conheça aqui as 12 marcas selecionadas e tenha um ótimo brinde!


ONDE ENCONTRAR

J.P. Chenet Brut - Importadora: La Pastina. Sac (0xx11) 3383-9303

Schloss Wachenheim - Sac (0xx11) 2133-8600

Annela Andreani, François Montand Brut, Anna de Cordoníu Bru, Taittinger Brut, Barton & Guestier Chardonnay, Prosecco Ruffino, Cava Cordoníu Clássico - Importadora: Interfood, tel. (0xx11) 2602-7255

Moët & Chandon Imperial - Sac (0xx11) 3062-8388

Pizzato Brut - Sac (0xx16) 3334-2215

2 comentários: