terça-feira, 4 de novembro de 2014

OUVIR: U2 de volta com "Songs of Innocence" e de graça no iTunes (+ MENSCH indica)

Três anos. Um período considerado martirizante para os fãs da banda irlandesa U2. Após uma carreira produtiva que rendeu ao grupo 12 álbuns, diversos fatores influenciaram para que o lançamento do tão aguardado novo álbum da banda, fosse adiado. Com promessas de lançamento para o início de 2011, o 13º álbum da banda veio sofrendo com diversos percalços que influenciou em tanto atraso. Afastados dos palcos desde a última turnê “360°”, em junho de 2011, os caras não vinham agraciando os fãs com um novo álbum desde o lançamento de “No Line on the Horizon” (2009). Vários rumores circundam este silêncio criativo, como até que mesmo o de que a banda não estaria “acertando a mão” neste novo disco, prenunciando um possível fim da banda. Longe de tanta controvérsia, no final o que tivemos foram dois singles lançados pela gravadora: “Ordinary Love”, disponibilizado para o público em novembro de 2013, que foi incluso na trilha do filme Mandela: Long Walk to Freedom (2013) e “Invisible”. 

Ao final de todo o suspense, o U2 lançou, para a surpresa de todos, seu novo álbum recentemente intitulado Songs of Innocence em dois cds, que por sinal são oferecidos de graça para qualquer um que tenha uma conta no iTunes. A produção do disco se deve ao músico e produtor musical estadunidense Danger Mouse. Songs of Innocence trata de temas como casa e família, relações e descobertas, e foi gravado em Dublin, Londres, Nova York e Los Angeles e pode ser baixado gratuitamente aqui.



Zara McFarlane é a mistura que deu certo. Inglesa com raízes jamaicanas começou na música pelo reggae e depois chegou ao jazz inovando com a intersecção dos dois ritmos. Em seu novo álbum “If You Knew her” ela comprova porque é um dos grandes nomes do Jazz internacional atual. Sua música invade a alma e te transporta para um mundo desconhecido e reconfortante. A maturidade como compositora se mostra em letras que contam sua própria história e exploram temas como paixão, sensualidade e entrega...Mais que ler sobre "If you knew her", você definitivamente precisa ouvir.




Plaza Francia Argentina e França. Em se tratando de universos musicais, estes dois países são representantes primorosos de efervescência cultural e produção fonográfica de valorosa.  É deles que tiramos as peças principais de uma junção que vai “embalar” muitos lounges por aí a fora: o tango argentino, atrelado a um característico sotaque francês.  A voz consagrada da extinta banda francesa Les Rita Mitsouko, Catherine Ringer, regressa a cena musical e junta-se ao o argentino Eduardo Makaroff e o suíço Christoph H. Müller, co-fundadores do grupo francês Gothan Project, para criar o este novo projeto. Plaza Francia é um bom exemplar de nu-jazz e chega com seu álbum homônimo de estreia, emplacando o primeiro single entitulado "La Mano Encima". Esta junção é uma ótima pedida para quem curte a levada característica do “acordeon de Astor Piazzolla com a guitarra de Carlos Santana”, como descrever o argentino Gustavo Beytelmann, orquestrador responsável pelo arranjo do disco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário