sexta-feira, 10 de outubro de 2014

CAPA: Miguel Rômulo cada vez mais conquistando o grande público com seu talento em novos personagens

O garoto-prodígio de alguns anos (e novelas) atrás se mostrou um ator de carreira promissora e cada vez mais conquistando o grande público com seu talento e novos personagens. Estamos falando de Miguel Rômulo, um cara jovem que soube aproveitar seu primeiro papel aos 9 anos de idade para mostrar seu talento e ganhar o mundo. Seja com personagens regionais ou um romântico não correspondido, aos poucos Miguel vem imprimindo suas características como ator e aceitando novos desafios. Entre um trabalho e outro (e uma viagem no meio), Miguel conversou com a MENSCH sobre sua carreira, papeis marcantes, planos para o futuro e o melhor, sua feliz vida em família.

Você cresceu aos olhos dos telespectadores que acompanharam seus personagens na TV, como lida com a exposição na mídia? Não me incomodo tanto com isso, ser ator e principalmente fazer televisão faz com que muitas pessoas queiram saber o que você anda fazendo e com quem. Não gosto de mentiras, claro. Mas em qualquer profissão existem boatos, verdadeiros ou falsos, sempre aprendi a lidar com isso da melhor forma possível.


Caçula de 6 irmãos, é muito paparicado pela família, cheio de vontades (risos)..., conta um pouco da sua vida em família... Tenho uma família grande e muito feliz. Sempre recebi muito carinho dos meus 5 irmãos, sou grato por tudo que me ensinaram. Temos um Natal cheio de amor e paz, não troco por nada. 

Você tem 9 novelas no currículo, costuma rever algum personagem antigo pra comparar com atuais e analisar sua atuação e amadurecimento como ator? A cada trabalho que faço amadureço mais, principalmente porque estou ficando mais velho e a experiência que adquiri faz muita diferença. Lembro sempre do meu primeiro trabalho aos 9 anos, fiz a novela "Coração de Estudante", era muito novo e adorava "brincar" de ator. Sou muito feliz por ter abraçado essa "brincadeira" e ter transformado em um trabalho, uma paixão, sinto muito orgulho das minhas escolhas.

Se pudesse escolher uma novela pra remake, qual seria e qual personagem gostaria de representar? Minha mãe sempre gostou de Reginaldo Faria na novela "Água Viva", ele interpretou Nelson Fragonard. Seria uma honra.

Em Joia Rara, novela das 18h na Rede Globo, você interpretou o seu primeiro vilão. Alguns atores preferem os vilões por achar que eles exigem mais, mostram mais da qualidade artística, você concorda, ou não vê diferença entre vilões e mocinhos? Ser vilão é muito bom, eu gostei muito. Acho que nos permite sair mais da zona de conforto, o "Décio" foi um dos mais difíceis por causa disso.

E sua relação com Cícero de Cordel Encantado? Como foi fazer essa personagem, fazer essa novela que marcou e encantou? Foi com certeza a novela mais bonita que já fiz, o "Cícero" foi um dos grandes presentes da minha vida. Recebi muito carinho dos fãs, principalmente do Nordeste, que foi o principal alvo da novela. Foi um trabalho lindo que deixou muitas lembranças boas.

Em Caras & Bocas, que foi reprisada a pouco no horário da tarde, você era um adolescente que nutria uma paixão quase secreta pela melhor amiga...Já amou platônica e secretamente alguém? Considera difícil o ato de se declarar pra alguém? Nunca me apaixonei secretamente por ninguém, (risos). Sou muito transparente e não gosto de esconder meus sentimentos. Mas é difícil se declarar em qualquer ocasião, para ambos.


Amor e amizade podem se misturar ou devem ser coisas distintas para preservação da amizade? Acho que se for recíproco, a amizade pode sim virar um amor.

O que acha mais bacana na carreira de ator? E o que acaba sendo uma “parte chata”? Existem muitas coisas boas nessa profissão, sou apaixonado por ela e pela interpretação. Claro que a exposição é um assunto sempre delicado, mas depende só de mim cuidar para que minha imagem seja sempre boa e positiva.

Aos 22 anos já sofreu com a boa e velha “guerra dos sexos”? O que já aprendeu sobre a alma feminina? (risos) Sempre aprendi a respeitar principalmente as mulheres, tenho uma mãe incrível que me ensinou dignidade. Tenho também minhas 4 irmãs (Gabriella, Gisella, Giovanna e Aline) que amo muito e que servem de exemplo para o modo que trato todas as outras, com carinho e respeito.

Diversão, descanso, como vive esses momentos? Não gosto de ficar parado, quando não estou trabalhando gosto de aprender sempre alguma coisa nova, vou aproveitar esse tempo agora para estudar inglês em NY.



Shiva Lênin, seu personagem em A Favorita te rendeu o prêmio de ator revelação no Domingão do Faustão. Quais sentimentos esse prêmio te despertou? Lembro muito bem desse dia, quando encontrei minha mãe nos bastidores logo depois de ter ganho. Ela estava muito emocionada, senti que aquilo foi um peso saindo das costas e meu prêmio finalmente tinha chegado. Claro que a responsabilidade aumentou, pois não posso e não admito fazer menos do que fiz para ganhar aquela homenagem. Estou sempre tentando melhorar.


Pensando nisso, quais os planos a médio prazo para a carreira? No momento quero apenas estudar e me especializar na minha carreira, como já disse, tenho um trabalho muito competitivo e quero sempre ter algo novo para demonstrar em um próximo trabalho.

Fotos Filipe Lisboa
Produção Executiva e Direção Criativa Marcia Dornelles - www.mdproducoes.com
Styling Xico Gonçalves
Beauty Guto Moraes
Agradecimentos - Rede Windsor Hotéis

Miguel Rômulo veste:
Look 1 - Camiseta Rosa (Acervo), Calça Jeans Escuro Base, Sapato E Cinto Jonny Size, Blusa Individual; Look 2 - Camisa Individual, Camiseta Camuflada Gap, Calça Acostamento, Sapato e Cinto Jonny Size.

Nenhum comentário:

Postar um comentário