segunda-feira, 29 de setembro de 2014

ARQUITETURA: UM LOFT COM CARA DE “DONO DE CASA”

Os Lofts são um dos conceitos mais charmosos do mundo da arquitetura que virou moda lá nos anos 60, quando artistas nova-iorquinos transformaram galpões e antigas fábricas em opções acessíveis e divertidas de moradia. Desde então, esses espaços ganharam o mundo e esse estilo aconchegante, jovem e moderno continua sendo sucesso. Apresentamos um case que faz jus aos melhores do mundo e nos faz desejar ainda mais um Loft com a nossa cara. 


Em uma atmosfera bastante contemporânea e atual, mas com uma releitura dos antigos Lofts de Nova York, este projeto traduz uma arquitetura com ambientes integrados (sem paredes), com uma linguagem única entre si, porém tendo cada um, é claro, a sua função. Com um espaço de aproximadamente 46m², conseguimos torná-lo extremamente funcional e ao mesmo tempo aconchegante. Com um tom mais masculino, cores e formas se fundem trazendo sofisticação e simplicidade ao mesmo tempo com muita funcionalidade nos espaços. 

A sala de estar e jantar, que pode ser usada também como sala de TV, tem uma ligação com a cozinha gourmet servindo como apoio de "bar" para receber amigos, ou no uso diário como a boa e velha cozinha funcional. O quarto com cama de casal é totalmente voltado para o banheiro, separado apenas por um charmoso biombo de madeira e uma divisória de vidro com fechamento em persiana horizontal para dar privacidade para a sala, caso necessário. Uma grande parede em bloco de concreto foi mantida, resgatando o conceito de galpão antigo, o que deu mais personalidade ao projeto e originalidade. Sobre essa parede, importantes obras de artes de artistas pernambucanos foram colocadas, de forma que esse espaço ganhou ainda mais força.

O piso em madeira, assim como vigamentos em madeira no teto, deixa ainda mais o ambiente com essa rusticidade contemporânea e cosmopolita, já a iluminação, com uma proposta mais dramática através de luminárias sobre a laje, nos proporciona esse ambiente ainda mais intimista e conceitual. Móveis contemporâneos e objetos de decoração pontuam cada local, deixando ainda mais sofisticado cada "cantinho". Os materiais utilizados, como a madeira e o bloco de concreto causam um impacto visual aconchegante e ao mesmo tempo cosmopolita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário