quarta-feira, 2 de abril de 2014

CARRO: A tradicional preparadora de Mercedes, brabus chega ao Brasil com três modelos

Fundada por Bodo Buschmann em 1977 em Bottrop, na Alemanha, para quem deseja além de luxo e conforto, uma exclusividade, a Brabus é especializada em realizar conversões e incrementar os carros das marcas Mercedes-Benz. Os carros preparados pela marca apresentam maior desempenho através de alterações mecânicas com aumento de potência e torque do motor, além de alterações aerodinâmicas. No Brasil a empresa iniciou agora em abril deste ano com os modelos Classe C 18 Brabus, Classe C 20 Brabus e CLS 63 Brabus, que estarão na concessionária Europa Motors, em São Paulo.


A porta de entrada para o mundo Brabus é o C 18 Brabus, que chega a partir R$ 149 mil. Equipado com um motor 1.6 turbo de 182 cavalos de potência e 280 NM de torque, vai de 0 a 100km/h em 8.2 segundos e máxima de 230km/h. O sedã se destaca pelo spoiler dianteiro montado no para-choque, que não só agrega esportividade ao modelo como também reduz notavelmente a elevação na dianteira em altas velocidades. Já o aerofólio traseiro dá mais eficiência e downforce. Internamente, o C 18 Brabus se diferencia do C 180 convencional pelos tapetes da marca Brabus, pinos de portas e pedais Brabus em alumínio.

Quem busca mais desempenho encontra no C20 Brabus o equilíbrio ideal entre potência e uso diário. Com motor 1.8 turbo de 224 cv e 325 NM de torque, o modelo intermediário vai de 0 a 100km/h em 7.6 segundos e máxima de 243km/h e será vendido a partir de R$ 175 mil reais. 


Entre os modelos que chegam neste primeiro momento ao Brasil, o topo de linha é o CLS 63 Brabus, equipado com um 5.5 V8 biturbo. Seus 620 cv e 1000 Nm levam o cupê de quatro portas aos 100 km/h em 3,5 segundos, e depois aos 320 km/h de velocidade máxima. O modelo traz spolier de fibra de carbono, rodas Monoblock F de 19 polegadas originalmente, mas pode ser montado em um conjunto de 20 polegadas, difusor de fibra de carbono com escapamento “valve controled” que permite ao toque de um botão selecionar o modo loud ou quiet – ronco mais agressivo ou suave - entre as opções disponíveis. O valor inicial do modelo é US$ 310 mil. Todos componentes são manufaturados em OEM Quality, enquanto os motores têm garantia de dois anos ou 100.000 km (para veículos 0 km).

PERSONALIZAÇÃO

A Brabus do Brasil vai oferecer opções para o cliente montar seu carro com variações estéticas ou de performance, sem um pacote definido para o mercado brasileiro – ou seja, dependendo do modelo, crescem significativamente as opções de personalização. As alterações estéticas vão além de dar um tom mais imponente ao visual do carro, em um Brabus elas também são funcionais. A escolha de um shift paddle Brabus – maior que o convencional – facilita a troca de marchas, apenas para citar um exemplo.



No Brasil, para os C18 Brabus e C20 Brabus será possível escolher rodas, escapamento e difusor. No caso dos supercarros – modelos de 580 cv a 850 cv, faixa na qual está o CLS 63 Brabus – o céu será o limite. Poderão ser feitas conversões, que vão desde o pino de porta da Brabus até mudanças de rodas, escapamento, suspensão, interiores, etc. Além disso, os Mercedes com menos de 12 meses também poderão ser levados até a Brabus para um processo de conversão. A preparadora pretende expandir sua operação a partir de 2015 para outros grandes centros como Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Salvador até 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário