segunda-feira, 3 de março de 2014

CRÔNICAS & INDAGAÇÕES: FOLIA NO CONGRESSO

Em tempos de carnaval me pego divagando sobre a patética disputa da GRES. TUCANALHAS x GRES. PETRALHAS pelo MENSALÃO NOTA 10 e por quem desviou mais e quem vai se safar melhor. O brasileiro já mostrou que tem samba no pé. Uns renunciam aos cargos para os quais foram eleitos para concorrerem a cargos de maior poder. Outros renunciam para não serem cassados: acusado de liderar o valerioduto mineiro, o Ex-governador Tucanalha, com condenação a 22 anos de prisão pedida pela Procuradoria Geral da República rebolou e renunciou para preservar sua agremiação, enquanto isso, volta à Câmara... bamba do gingado! 

Me ocorre pensar também numa mais patética apuração de votos... quem sabe ouviremos o Jorge Perlingeiro anunciando os vencedores: 

HARMONIA - PETRALHAS perderam muitos pontos. Julga-se aqui a perfeita igualdade do canto do Samba-Enredo, pelos componentes da Escola, em consonância com o “Puxador” Mas o puxador sustentou que não sabia nem dos dólares na cueca do irmão, e não hesitou até em cortar cabeças de sua comissão de frente pra não balançar seu estandarte. 

CONJUNTO - PETRALHAS E TUCANALHAS NOTA 10 Incrível a uniformidade com que as duas agremiações vêm se apresentando em todas as suas formas de expressão: desvios, mutretas, leilão de cargos e comissões, conchavos, peculato e lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, evasão de divisas, gestão fraudulenta. O equilíbrio artístico do conjunto emociona. Pode-se até imaginá-los todos na mesma cela. 

MESTRE-SALA e PORTA BANDEIRA - PETRALHAS NOTA 10 O mestre-sala e a porta-bandeira, no samba, são um casal que executa um determinado bailado especial e deve apresentar com graciosidade o pavilhão da escola. Suas fantasias assemelham-se a trajes de gala típicos do século XVIII, porém "carnavalizados", ou seja, com uma quantidade exagerada de cores e enfeites. Há quase 12 anos nosso casal MESTRE-SALA e PORTA BANDEIRA tem rodopiado com nossa dívida pública, balança comercial, geração de empregos, infraestrutura e capacidade de atrair investimentos, muitas vezes com fantasias típicas do século XVIII e uma quantidade exagerada de cores e enfeites... 

ENREDO o enredo costuma ser escolhido logo após o resultado das eleições, sendo válido para o pleito seguinte. Nesse meio tempo, a partir do tema principal, os carnavalescos devem escrever toda uma sinopse, que guiará a fabricação das bolsas-fantasias, bolsas-alegorias e a composição do samba-enredo. As mais críveis renderão mais votos. Os 171 dramaturgos convidados fornecem roteiros originais ou adaptados a todas as agremiações. Então neste quesito há empate. 

COMISSÃO DE FRENTE - É linha de frente da escola, primeiro grupo de integrantes a desfilar, sendo isto uma condição obrigatória. Consiste em cerca de dez a quinze pessoas que realizam uma coreografia, introduzindo o enredo. Bem que Eduardo Azeredo (PSDB) e Walfrido dos Mares Guia (PTB) se esforçaram, mas não foram páreo para a outra escola. José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares, Marcos Valério (que trocou de escola neste intervalo), Cristiano Paz, Ramon Hollerbach, José Roberto Salgado, Kátia Rabello e Simone Vasconcelos apresentaram com louvor o que viria a seguir. PETRALHAS NOTA 10. 

ALEGORIAS e ADEREÇOS - O quesito alegoria trata de carros com eixo de ferro, repleto de esculturas de madeira, plástico, isopor, entre outros materiais, decorados de forma a representar os elementos do enredo TUCANALHAS NOTA 10 – levam um metrô de SP superfaturado inteiro de vantagem. 

BATERIA - a manutenção regular e a sustentação da cadência da Bateria em consonância com o Samba-Enredo; a criatividade e a versatilidade da Bateria. Este ano a avenida está confusa, a ‘perfeita conjugação dos sons emitidos pelos vários instrumentos’ deu lugar a gritos, vidros estilhaçados de vitrines, sirenes, frases de efeito, barulhos de tropas marchando, pedras em escudos, cassetetes batendo em ossos quebrados. A BATERIA NOTA 10, ou TROFEU SININHO vai para... peraí, há agremiações que contratam alas inteiras de black blocs para participar dos desfiles das outras escolas, enquanto os mascarados (os que mantêm voto sem mostrar o rosto no Congresso e no Senado) declaram ilegitimidades nas manifestações, pelo mesmo motivo: não mostrar o rosto. Deixa pra lá. A melhor cadência, o ritmo NOTA 10 vai para as construções dos estádios da COPA e o suporte de mobilidade urbana. 

SAMBA-ENREDO - o Julgador irá avaliar a Letra e a Melodia do Samba-Enredo apresentado, respeitando-se a licença poética, a sua adaptação à melodia, ou seja, o perfeito entrosamento dos seus versos com os desenhos melódicos. Quesito empatado. Licença poética tem permeado os discursos de TUCANALHAS e PETRALHAS. A perfeita e melodiosa inadequação de promessas e práticas mostram claramente que as duas escolas fizeram bem o dever de casa. NOTA 10. 

FANTASIAS - PETRALHAS na frente de novo. A fantasia de IRMÃO MORTO do nosso ex-presidente do Banco do Brasil para poder fugir pra Itália continua sem concorrente. 

EVOLUÇÃO 
PETRALHAS - A nota 10 vai para o próprio Henrique Pizzolato. Condenado pelo mensalão, o ex presidente do Banco do Brasil urdiu um complicado projeto de quase 7 anos que permitiu sua EVOLUÇÃO sigilosa pra fora do país. Na hora H, no entanto, teve problemas no recuo da bateria na Itália e é provável que desande o ritmo na avenida. Mas como a pizza por lá também é bem comum, não se espantem se tudo terminar na Speranza, no Bexiga. 

Uma pena não haver categoria especial de MAQUIAGEM. Duas fortes candidatas, Cristina Kirchner e a nossa Dilma, especialistas em maquiar indicadores sociais e econômicos, balanços da Petrobrás, etc. Leve vantagem pra 'hermana' que, se levar, vai ser 'por una cabeza'. O resultado da apuração ainda não foi divulgado em função de pedidos de vistas, embargos infringentes, recesso parlamentar, embargos declaratórios, discordâncias entre relatores, mas acredita-se que até 2024... 

E nós aqui nessa quarta feira de cinzas de direitos humanos, de infraestrutura básica, saneamento, saúde, educação, investimentos, balança comercial, etc., assistindo essa cartilha draconiana, romana de governo PÃO e CIRCO ou, na versão local contemporânea, de BOLSA-FAMÍLIA e QUADRADINHO DE OITO. Feliz carnaval, namastê...

Nenhum comentário:

Postar um comentário