terça-feira, 24 de setembro de 2013

DESTINO: Fernando de Noronha, um paraíso ao alcance de todos

Referir-se a Fernando de Noronha como paraíso é redundância, é clichê, é óbvio. Não há que fique imparcial diante das belezas naturais do arquipélago.  Fernando de Noronha vai muito além da “Meca do Surf”, de point dos amantes das ondas. Um dia foi assim, hoje Noronha tem ainda mais a oferecer e por isso ainda mais gente a receber. Além de receber surfistas, kitesurfistas, mergulhadores, esportistas aquáticos em geral e gente que gosta de fazer trilhas de paisagens deslumbrantes, Noronha oferece uma gastronomia de primeira linha, pousadas de qualidade internacional e mais que tudo acessibilidade.


Após um período de reformas e investimentos urbanos a ilha agora oferece acesso as suas mais belas praias e trilhas para gente da terceira idade e com dificuldade de locomoção. Talvez quem curta uma coisa mais roots não veja com bons olhos rampas, escadas e corrimãos, mas se parar pra pensar que dessa forma mais gente pode alcançar o paraíso e se divertir aí, talvez, se mudem de ideia. O cuidado com a preservação ambiental é constante, afinal, a riqueza da fauna e flora é o grande patrimônio do lugar e sem isso a ilha perde seu encanto.

Através de um processo licitatório para implantação de melhorias aos turistas no que tange atendimento e acessibilidade, a empresa vencedora, Econoronha, deu início a prestação de serviços de apoio à visitação pública e cobrança de ingressos para o agora Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha.

INFRAESTRUTURA GERAL

As mudanças começaram na infraestrutura que recebeu inúmeras melhorias levando-se em consideração paisagismo, sustentabilidade e respeito ambiental. Foram criados postos de apoio e mirantes, visando conforto durante as longas caminhadas pela Ilha e facilidade de locomoção para turistas com dificuldades de movimento. Os postos de Informação e Controle foram reformados e adequados para funcionamento de lojas e apoio ao cliente, além da sua função primordial de controle de acesso; Foram implantados lixeiras para coleta de lixo seletivo e procedimentos de reciclagem.

TRANSPORTE ALTERNATIVO

Os turistas e também moradores contam com aluguel de bicicletas e equipamentos de segurança para ter maior mobilidade no acesso aos vários pontos da Ilha.

ACESSIBILIDADE

Banheiros públicos e rampas foram adaptados e criados para oferecer conforto e adequação aos portadores de necessidade especiais; Trilhas suspensas proporcionam aos cadeirantes e outros turistas com dificuldades de locomoção a conhecer a Ilha e sentir de perto tudo que a vasta e exuberante natureza local pode oferecer.





RESPEITO AMBIENTAL

Todos os projetos seguiram rigidamente as normas ambientais e utilizaram tecnologias sustentáveis para energia, tratamento de lixo e resíduos, captação e utilização da água da chuva, conforto térmico e claro. Tudo isso para tornar a Ilha ainda melhor e mais capacitada para o recebimento de turistas, causando o menor impacto ambiental possível. Para manutenção dessas melhorias, o visitante paga um ingresso individual e único para a visitação das áreas do Parque que contemplam: Praia do Sancho; Baia dos Porcos; Praia da Atalaia; Baia dos Golfinhos; Baia do Sueste e a Praia do Leão.

Os ingressos podem ser comprados em alguns locais na própria Ilha ou pela internet, dessa forma o turista pode chegar já com seus ingressos na mão otimizando seu tempo de estadia em Noronha. Algumas pessoas são isentas do pagamento do ingresso: visitantes brasileiros acima de 60 anos e menores de 11 anos, moradores regularizados da Ilha, parentes de 1º e 2º de moradores regularizados, funcionários de entidades públicas Distrital, Estadual e Federal serviço no arquipélago e pesquisados com autorização do ICMBio. O que não muda é que Fernando de Noronha continua sendo um paraíso com a obrigatoriedade de ser visitado. É um prazer ao qual todos têm o direito de vivenciar.


O céu azul e cheio de aves em voos rasantes é um espetáculo à parte, a vida marinha, que pode ser observada em mergulhos com snorkel ou cilindro, é uma experiência inesquecível. As chamadas Ilhas Secundárias completam o cenário que enchem à vista e a alma de turistas e nativos. Aliado a isso a simpatia dos habitantes da ilha deixa qualquer habitante do continente encantado. Todas as pessoas se cumprimentam na rua, oferecem carona, são super solícitas e sempre têm um elogio a fazer ao lugar. 

Violência não existe na Ilha, se pode caminhar tranquilamente a qualquer hora do dia ou da noite pela Vila dos Remédios e adjacências, mas é preciso ter pernas fortes porque as ladeiras são partes constituintes do local. Fôlego também é algo imprescindível para quem vai visitar Fernando de Noronha, afinal são várias trilhas, locais para mergulho e paisagens de tirar o ar! Pode-se contratar os passeios via agências ou direto na ilha, o que acaba sendo mais interessante financeiramente. O site oficial da administração oferece várias opções de agentes credenciados: www.noronha.pe.gov.br e isso deve ser levado em consideração para segurança de quem visita a ilha, há trilhas e passeios com certo grau de dificuldade e risco que não devem ser feitos por pessoas não capacitadas.



+ INFORMAÇÃO:
- Pousada Beijupira: www.beijupiralodgenoronha.com.br
- Pousada Zé Maria: www.pousadazemaria.com.br
- Tuca Noronha - 81-3241.5637 / reservas@tucanoronha.com.br
- Site oficial da Ilha: www.noronha.pe.gov.br
- Uma viagem virtual por Noronha: www.noronha.com.br

Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face:RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

2 comentários: