quarta-feira, 18 de setembro de 2013

BAR: O espírito cubano em coquetéis clássicos - Daiquiri

“Meu Daiquiri em La Floridita e meu Mojito em La bodeguita” é uma típica frase local imortalizada por famosos boêmios e aprendida imediatamente por ansiosos turistas que visitam Cuba e querem sentir a magia destes bares de Havana e do mundo. Neste mês vamos falar do Daiquiri. Saúde!

DAIQUIRI

O Daiquiri surgiu na mesma época do Cuba Libre. São duas as versões para o seu nascimento, uma diz que foi criado por volta de 1900 em uma mina de ferro chamada de Daiquiri em Santiago de Cuba, à época controlada por americanos; a outra diz que foi criada por soldados cubanos que combateram os colonizadores espanhóis na praia de Daiquiri no final do século passado. Eles levavam em um pequeno cantil uma mistura com rum e suco de limão para se refrescar entre uma luta e outra.

Histórias à parte, podemos garantir que quem consagrou este cocktail na primeira metade do século XIX foram as hábeis mãos do mestre barman Constante Ribalagua que originalmente tinha cinco receitas diferentes além da tradicional para oferecer à sua requintada clientela. Algumas dicas para preparar um bom daiquiri: não permita que o óleo da casca de limão se misture ao drink, quanto ao rum o conselho é Blanco ou Silver, cubano, claro. A clássica técnica de preparação na coqueteleira consiste em agitar os ingredientes com bastante gelo, coar e servir numa taça de Martini.  



Rodrigo Sepúlveda, especialista em bebidas e mixologia, gerente operacional, sommelier e consultor de bares do grupo Emporio Central by Douglas Van Der Ley no Shooping Recife, consultor da  www.rsprofissionalbar.com.br consultoria e treinamentos em bar ,bebidas e vinhos e apresentador do programa click drinks tvguararapes.com.br.



Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face: RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

Nenhum comentário:

Postar um comentário