terça-feira, 4 de junho de 2013

CARREIRA: FALAR INGLÊS DEIXA DE SER DIFERENCIAL PARA SER ESSENCIAL

Já passou o tempo no qual dominar uma língua estrangeira era diferencial no currículo de grandes profissionais. O domínio de línguas, hoje, é essencial para o alcance de grandes objetivos no mercado. Falar inglês, por exemplo, é uma habilidade que oferece a capacidade de apresentar-se, mostrar suas ideias, sua empresa, de uma forma altamente profissional e diferenciada, permitindo o alcance de um público mundial, já que estamos tratando do idioma mais falado no mundo dos negócios.

O destaque do Brasil no cenário internacional está aumentando o crescimento migratório no país, fator que transforma o inglês em uma ponte entre pessoas, profissionais e instituições internacionais. Dominar a língua possibilita uma comunicação direta com novas oportunidades. Na área acadêmica, por exemplo, profissionais conseguem ter seus nomes difundidos internacionalmente com suas publicações divulgadas em revistas reconhecidas por universidades dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, dentre outras, afinal, o idioma de publicação mundial é o inglês.

Especialistas no assunto, como a psicóloga organizacional da Global Planning – Inteligência de Negócios, Informação e Tecnologia – Andrea Aragão, destacam que o profissional que deseja espaço hoje deve ter como fortes características a proatividade, criatividade, iniciativa, resiliência, um bom relacionamento interpessoal e o conhecimento de uma língua estrangeira. “Diante de um mundo de negócios totalmente globalizado, empresas que têm a oportunidade de crescimento, mais cedo ou mais tarde irão se deparar com clientes, fornecedores ou parceiros estrangeiros. Toda empresa que se preza, e deseja crescer em seu mercado, deve ter líderes bilíngues e, em alguns casos, fluentes no idioma da nação com a qual negocia”, acrescenta.

O conhecimento de língua estrangeira é tão solicitado pelas empresas, mesmo quando não são multinacionais, porque ele torna ímpar a oportunidade de vivenciar outra cultura. Conhecer outros comportamentos traz grande experiência pessoal, enriquecimento intelectual e de comportamento, além da facilidade de desenvolver relacionamentos globais com maior facilidade. Vivência no exterior conta pontos positivos na hora da seleção.

Existem várias empresas, como a SET2be, em Pernambuco, especializadas em atender o público executivo. Após concluir dois mestrados na Suécia, de 2008 a 2011, e perceber que 89% dos habitantes daquele país conseguiam falar inglês*, fazendo da Suécia o país com maior proficiência da língua inglesa no continente europeu, Rafael Vaisman idealizou a SET2be para desenvolver programas de ensino com intuito de implantar esta realidade no Brasil. Um dos serviços de maior sucesso é o coaching, ideal para pessoas com problemas de horário, que viajam muito a trabalho, e precisam de um treinamento particular mais flexível.


O mercado resolveu atualizar-se com o público, agora não há mais motivos para não agregar este valor a sua carreira profissional. Empresas para capacitar já existem, e com formatos flexíveis, sem a necessidade de alterar sua rotina. 

*Fonte: Eurobarometer

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter e Facebook: @RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App Store

Nenhum comentário:

Postar um comentário