quarta-feira, 1 de maio de 2013

CARRO: Lamborghini Aventador LP700-4 Roadster, o carro mais caro do Brasil já tem dono

Pois é caro leitor, o carro mais caro vendido aqui no Brasil já tem dono. Ou melhor, donos! Pois virão para cá apenas três unidades que já foram encomendadas por uma bagatela de mais ou menos R$ 3,4 milhões. Algo a ser confirmado devido à taxas de impostos, mas em geral o Grupo Via Itália, que importa a marca no Brasil, tem a orientação que o Lamborghini Aventador LP700-4 Roadster, ou simplesmente Aventador Lamborghini, tenha um preço de venda entre 15% e 20% acima do valor do modelo coupé, comercializado aqui por R$ 2,9 milhões. Essas três unidades que virão para o Brasil em junho já começam a ser fabricadas este mês. Aliás, toda a produção para 2013 já está toda encomendada por compradores de vários países.

Mas o que faz desse carro algo tão cobiçado mesmo com um valor que chega a ser superior a de uma Ferrari e até dois barcos de luxo? Para começo de conversa a sua velocidade e potência chamam atenção. Em uma pequena demonstração, o Aventador Lamborghini chegou a uma velocidade de 320 km/h. Para se ter idéia, um avião, atinge no máximo 290 km/h no solo em decolagem. O esportivo de luxo mais potente já feito pela Lamborguini, possui um motor V12 6.5L com 700 cv, acelera de 0 a 100 km / h em menos de três segundos e tem uma velocidade máxima de 350 km / h, e seu câmbio é de sete marchas. Além de que em velocidades abaixo de 135 km/h, metade dos 12 cilindros deixa de receber combustível, o que resulta numa melhoria de 0,42 km/litro no seu rendimento.



Sua aparência é outro atrativo que tem encantado admiradores do Aventador, à começar pela cor azul especial Azzuro Thetis, um tom metálico que muda de tonalidade dependendo da iluminação e do ângulo. O modelo LP 700-4 Roadster vem com estrutura monobloco feita de fibra de carbono extremamente rígida, não foram necessários tantos reforços estruturais em relação ao cupê, o que significa que o ganho de peso foi pequeno, não afetando o desempenho do modelo. Nessa versão suas capotas removíveis são duas peças de fibra de carbono de estilo Targa, que pesam apenas 6kg. São facilmente retiradas e guardadas num compartimento na mala da frente.






Em termos aerodinâmicos o LP 700-4 Roadster sofreu algumas alterações em relação ao Aventador Coupé, como o vidro elétrico traseiro que controla a quantidade de ar que circula sobre o carro e a quantidade de barulho que os passageiros ouvem no interior do veículo sem a capota. Em relação ao seu design, nessa versão temos os pilares traseiros que foram redesenhados para darem uma maior resistência ao carro quando está sem capota. A cobertura do motor do Roadster também foi modificada em relação à do coupé, apresentando uma “espinha dorsal” com duas linhas de janelas hexagonais. As portas se abrem no estilo “tesoura”, ou seja, abrem para cima e para a frente. Que também receberam uma linha mais vincada para as janelas sem esquadrias.

Em janeiro passado a Lamborguini fez uma apresentação oficial no Aeroporto Internacional de Miami do Aventador Roadster com um desfile que contou com a presença de outros super-carros da Lamborghini. Veja o vídeo da apresentação:

 

Fonte: www.lamborghini.com

Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face: RevMensch e baixe no iPad, é grátis:http://goo.gl/Ta1Qb 

2 comentários:

  1. Carro desse no Brasil pra quê? Pra circular o acesso do condomínio fechado, empoeirar na garagem ou colocar numa redoma de vidro blindado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Status cara nada mais, pra um grande empresario isso é tudo!!!

      Excluir