quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

CARRO: Novidades das montadoras queridinhas do Brasil para este ano: Santana e Ka 2013/2014‏

Ao contrário do que acontece no mercado internacional, as montadoras com sede no Brasil estão a todo vapor, já que incentivos do governo e a facilidade de pagamento têm aumentado as vendas nas concessionárias. Não é a toa que os fabricantes gringos têm procurado cada vez mais atingir os países latinos, como é o caso clássico da Hyundai. Neste passo, diante da concorrência, o mercado automotivo brasileiro teve que se esforçar e correr atrás do prejuízo, bem como, modernizar-se.
 
Neste ano, alguns fabricantes irão lançar suas versões 2013/2014, e como seu primeiro test drive é por aqui, vamos conferir um pouco do que a Ford e Volkswagen estão preparando. As montadoras estão escondendo o jogo, mas conseguimos algumas primeiras impressões do Novo Ka e Novo Santana (isto mesmo, ele está de volta!).
 
O DESIGN MARCANTE DO NOVO KA
 
Desde 1997, quando foi lançado, o Ford KA tem recebido boas intervenções, principalmente no quesito estético (desta vez houve uma melhora significativa). Podemos dizer que o carro conseguiu seu espaço no mercado por um motivo simples; o preço. Além disso, proporciona uma boa dirigibilidade, estabilidade e seguro barato.
 
O novo Ford KA 2014 mudou bastante e ficou bem interessante, por sinal, dando um banho no seu principal concorrente, o Fiat Uno. No design é marcante na nova linguagem da Ford, com quatro portas, parece que encontramos uma mistura de tudo; os parachoques da Eco Sport, os faróis lembrando o Focus e bastante peças do New Fiesta, vale salientar, que ele é forte candidato a ocupar o lugar do antigo Fiesta Rocam.
 
Pretendendo atingir um enorme público, é claro que o carro chegará com várias versões, dentre elas um Sedan, focando em todos os bolsos e gostos. Já o motor será oferecido nas versões 1.0 e um novo motor 1.5 de quatro cilindros, sendo baseado no 1.6 Sigma (Ecosport).  

Poucas informações foram divulgadas pela Ford sobre o novo modelo, que pelo visto, melhorou e muito a aparência. Isto porque, a concorrência, principalmente as montadoras internacionais, está cada vez mais afiada, produzindo um carro legal por um preço popular, como o HB20. Quem ganha somos nós, consumidores. Vamos aguardar seus preços e as primeiras impressões após dirigir este popular simpático, que chegam as lojas no finalzinho de 2013 ou começo de 2014.
 
ESPAÇO E CONFORTO NO NOVO SANTANA
 
A geração Santana está em festa, afinal o carro família que fez sucesso está de volta. Na verdade, a meta do VW era tentar fazer um carro parecido com o Jetta, porém com a metade do preço, por isso, o Santana chega muito parecido com este, porém com o preço inicial de R$ 40.000,00.
 
O carro chegará com vontade de ser líder no Brasil, na briga com o Nissan Versa e o Chevrolet Cobalt, carros com o formato Sedan, porém sem grandes luxos. Ele possui um bom espaço interno, confortável, porém deixa a desejar no acabamento, mas está superior ao Polo Sedan, carro que irá se aposentar. O modelo tem distância entre-eixos de 263 centímetros e leva até 480 litros no porta-malas, oferecendo bastante espaço interno. Por fora, acredito que o carro ficou sem identidade, talvez pela tentativa em ser um Jetta.
 
Entre os itens de série, o Santana traz freios com sistema antitravamento (ABS), controle de estabilidade e air bags para proteção frontal, lateral e da cabeça dos ocupantes. Ar-condicionado (analógico ou digital) roda de liga leve, teto solar elétrico, bancos revestidos em couro e sensores de estacionamento são oferecidos de acordo com as versões.
 
 
 
 
A potência do motor no Brasil será o 1.6 EA 211, podendo ser acoplado com uma caixa de transmissão manual de cinco velocidades ou automática de seis. Foram realizados testes e se conformaram que o automático é mais potente e possui o consumo médio de combustível de 10 Km/l (dado do computador de bordo). Para os amantes da “Wolks”, sem dúvida, esta será uma boa opção, mas convenhamos que o carro esteja chegando um pouquinho atrasado para concorrer com seus rivais, além disso, vamos combinar que está faltando o bom e velho 2.0 para um carro de porte “família”, concordam?
 
Enfim, um carro feito para ser espaçoso, porém com um preço menos salgado, de forma que se colocar um motor mais forte ou itens high tech, é claro que o preço irá subir e perderia o público alvo. O fabricante já deve ter iniciado a sua produção, mas não informou quando irá chegar às lojas.
 
 
Fonte: Car Place, Car Blog, Autoesporte

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter e nossa FanPage: @RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App Store.

Um comentário:

  1. Olá, o texto está legal, bem informativo e de fácil compreensão. Porém, o nome correto é Volkswagen. Por favor, quando puder dê uma olhada no Blog do Carro. http://blogdocarrope.com.br/blog/.

    Obrigado.

    ResponderExcluir