quinta-feira, 8 de novembro de 2012

FOTOGRAFIA: Tributo a Henri Cartier-Bresson em exposição‏

A fotografia é a pintura feita com a luz, é a arte do registro do momento, é a vitória do homem sobre o tempo. Ela alia a arte à tecnologia na medida em que possui clara face técnica, mas também precisa da expressão artística que seja realizada. Sem o componente de arte a fotografia se reduz à mera reprodução do mundo que nos cerca e sem a tecnologia a arte não se materializa.
 

O Pernambuco Foto Clube traz para Recife a Exposição “Tributo a Henri Cartier-Bresson” e a MENSCH conversou com a diretoria do Clube sobre a proposta da exposição e o mercado de fotografia no estado. Segundo eles, Pernambuco sempre se destacou nas artes plásticas, nas artes cênicas, na música e na literatura. Tal destaque ocorre no plano nacional e muitas vezes ultrapassa as fronteiras do nosso país. E para buscar esse mesmo destaque na arte o Pernambuco Foto Clube, que agrupa cerca de mil fotógrafos amadores e profissionais está apresentando a exposição “Tributo a Henri Cartier-Bresson”, que sem dúvida representará um marco na fotografia pernambucana e contribuirá para sua consolidação e avanço. A exposição proposta homenageará um fotógrafo francês que vem influenciando todos aqueles que abraçam a fotografia em todos os países, celebrando o caráter universal da arte.
 


PERNAMBUCO FOTO CLUBE

O Pernambuco Foto Clube (PFC) foi fundado em maio de 2011 e já agrega quase mil fotógrafos amadores e profissionais. Seu objetivo é promover a interação entre todos aqueles que abraçam a arte da fotografia e desejam expressar-se através dessa importante vertente artística. Fornece um espaço para discussões cotidianas de temas relacionados à fotografia numa importante página de relacionamento (Facebook) e promove saídas fotográficas que proporcionam interação direta entre seus membros.
 

 

Tais saídas ocorrem com frequência mensal e possibilitam que dadas cenas sejam registradas por dezenas de olhares distintos. Os resultados têm sido extremamente frutíferos. Há ainda um grupo de discussão mantido pelo PFC no sítio Flickr, onde são realizados concursos de fotografia com periodicidade mensal. Até o momento cinco concursos já foram realizados e contaram com a participação de muitos membros. Tais concursos são centrados em temáticas específicas e o vencedor de um concurso tem o direito de escolher o tema do concurso seguinte.

A página web do Pernambuco Foto Clube pode ser acessada em
www.pernambucofotoclube.com.br. Tal página contribui para a divulgação das atividades do grupo e deverá ter seu conteúdo continuamente ampliado ao longo do tempo. O Pernambuco Foto Clube é administrado por: Ana Caúla Cribari, Aziel Pereira Jr., Francisco Cribari Neto e Lamartine Teixeira. Encontra-se em curso a filiação do Pernambuco Foto Clube à Confederação Brasileira de Fotografia.

A EXPOSIÇÃO

Homenagearemos um dos maiores nomes da fotografia mundial e que ainda nos dias atuais exerce influência inegável sobre todos aqueles que abraçam a fotografia. Trata-se, pois, de homenagem merecida. A exposição ocorrerá na Livraria Cultura no bairro do Recife Antigo por se tratar um local de elevada visibilidade e pelo qual transitam semanalmente centenas de pessoas. Espera-se, assim, que as fotografias expostas alcancem público expressivo. A curadoria da exposição, que envolverá desde a seleção das fotos a serem expostas até a organização física na Livraria Cultura, ficará a cargo da fotógrafa Renata Victor, Coordenadora do Curso de Fotografia da Universidade Católica de Pernambuco. Trata-se de pessoa experiente e de amplo renome no campo da fotografia em nosso estado.
 
 

A exposição agrupará cerca de cinquenta a sessenta fotos, todas em preto e branco, todas na temática definida e todas produzidas por membros do Pernambuco Foto Clube. A abertura da exposição aconteceu essa semana e deverá ficar montada na Livraria Cultura até o início de dezembro.

O HOMENAGEADO

Henri Cartier-Bresson nasceu na França em 22 de agosto de 1908 e faleceu em 2 de agosto de 2004. É considerado um dos pais do fotojornalismo. Em 1947 fundou, juntamente com Robert Capa and David Seymour, a agência Magnum, que tem até hoje papel de destaque central na fotografia. Viajou o mundo fazendo registros fotográficos para importantes revistas, como por exemplo Life e Vogue. Foi o primeiro fotógrafo da Europa Ocidental a fazer registros da vida cotidiana na extinta União Soviética. Fez ainda fotografias de Gandhi em seus últimos dias. A página da Fundação Cartier-Bresson, que agrupa informações sobre o fotógrafo e sua obra, pode ser acessada em
www.henricartierbresson.org/index _ en.html Cartier-Bresson é um dos maiores ícones da fotografia.
 
O que ele produziu na França e em suas viagens pelo mundo vem influenciando todos os fotógrafos que se seguiram. A arte e sua linguagem ao largo são universais, pois lidam como a essência de nossa humanidade. Uma homenagem pernambucana a esse artista francês representa a coroação do caráter universal da arte. A arte, tal qual nossa essência humana, é universal e atemporal. A I Exposição do Pernambuco Foto Clube celebrará tal universalidade.
 
 
 Para saber mais sobre Henri Cartier Bresson clique AQUI
 
Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face: RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

6 comentários:

  1. Espetacular o texto... a exposição... as fotos... TUDO!

    Parabéns PFC!

    Parabéns MENSCH.

    ResponderExcluir
  2. Marcus Vinicius Sousa8 de novembro de 2012 21:03

    Parabéns a Mensch por estar antenada no que acontece em Fotografia em Pernambuco e ao PFC- Pernambuco Foto Clube pela maravilhosa iniciativa e que sejam muitas, de parabéns também aos administradores e organizadores da msotra.

    ResponderExcluir
  3. Só uma ressalva, são exatamente neste momento 1.297 membros. Parabéns pela bela reportagem!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom. É um orgulho pra mim participar desse grupo :D

    ResponderExcluir
  5. Parabéns e que a Mensch possa sempre interagir com o PFC mais e mais. Show de reportagem \o/

    ResponderExcluir