terça-feira, 25 de outubro de 2011

MUSA: Ana De Biase, a ex-Salva-Vidas está de volta para esquentar o verão‏

Quando surgiu na TV usando um cavado maiô vermelho arrancando suspiros ao salvando “indefesos” marmanjos no palco do programa Caldeirão do Huck, a bela loira Ana De Biase logo viu seu nome cair na boca do povo e nas capas de revistas como VIP e PLAYBOY. A personagem Salva-Vidas do Caldeirão nos revelava uma doce e sensual carioca, criada em Guarapari (ES), que viu sua vida mudar quando começou a trabalhar como modelo ao morar em São Paulo. De 2004 para cá, muita coisa mudou na vida de Ana De Biase. Ela casou, deu um tempo na carreira de modelo, viajou meio mundo, praticou muito esporte e agora está de volta cheia de planos. Ana planeja apresentar um programa de esportes e retomar a carreira de modelo. Enquanto não estréia seu site oficial (www.anadebiase.com.br), mate um pouco da saudade da doce Ana De Biase com esse belo ensaio feito no Rio de Janeiro que acompanha nossa entrevista.

Ana, depois de tanto tempo você sente falta da Salva-Vidas do Caldeirão do Huck? Adorei fazer a personagem, mas não sinto falta. No momento, a minha vida está totalmente voltada para a realização profissional de apresentar um programa esportivo. Acabo de me formar em jornalismo e estou focada em atingir essa meta. Com certeza, a personagem foi um presente de Deus, por ter aberto as portas na minha carreira de modelo. Na verdade, o que sinto mais falta é o carinho do público, apesar de ter muitos fãs que continuam acompanhando os meus trabalhos.

A Salva-Vidas te despertou mais esse lado sensual ou você sempre foi assim? Ainda veste o uniforme pra seduzir o maridão? Nunca me senti essa mulher sensual, porém acho que toda mulher deve despertar esse lado em determinados momentos, com cautela, para que a sensualidade não se transforme em algo vulgar. Sempre fui vaidosa e me preocupo em cuidar do corpo e da saúde, e como a personagem exigia explorar essa característica, através do maiô decotado, tentei passar uma sensualidade de uma maneira sutil e moderadamente atraente. Sobre vestir o "uniforme" para seduzir o maridão, não é preciso. 

Você acha importante fetiches e fantasias sexuais para a vida útil de um relacionamento? Você é adepta? Pode nos contar alguma? Acho importante que o casal esteja sempre tentando apimentar a vida sexual para não deixar cair na rotina. Portanto, sempre buscamos fazer algumas "brincadeirinhas" interessantes, descobrir locais exóticos para fazer amor, além disso, gostamos muito de conhecer novos lugares incríveis e afrodisíacos. Meu marido adora lindas e diferentes lingeries e também ama que eu dance para ele.
 



Uma pergunta meio redundante: você se acha gostosa? Mudaria algo? Nossa... Não me acho gostosona não, mas estou muito satisfeita com o meu corpo. Gosto do que vejo quando me olho no espelho e não mudaria nada em mim, mas amo malhar, me sinto muito bem quando estou praticando esportes e, consequentemente, reflete na estrutura do corpo. Acho que o primordial mesmo é a saúde, se alimentar bem e beber muita água.

O que faz um homem ganhar mais ponto com uma mulher: gostar de cozinhar, gostar de shopping ou que curta dançar? Na minha opinião, não existe nada melhor do que a mulher ter ao lado um homem que gosta de cozinhar. Graças a Deus, o meu maridão adora fazer variados pratos deliciosos, dos quais sempre aproveitamos para transformar esse momento num jantar romântico, acompanhado de um bom vinho. 

Você parece curtir muito praia, é mais do dia do que da noite? Verão é sua estação? Acertou em cheio: verão é a minha estação preferida e sou mais do dia do que da noite, embora curta a noite, às vezes. Adoro o astral do dia, amo natureza, a energia e a paz que o mar nos transmite, a sensação de bem-estar ao pisar na areia da praia, enfim, me sinto mais em harmonia com Deus e sempre aproveito para agradecer tudo na minha vida.

Ser um referencial de mulher bonita e sensual atrai muitos olhares masculinos. Como lidar com o assédio e o ciúme do maridão? Como já são quase onze anos de relacionamento, temos muita cumplicidade, amizade e confiança um no outro. Não vou negar que ele é bastante ciumento. No entanto, administra isso muito bem e já se acostumou com o assédio masculino, pois acompanhou todo o início da minha carreira. No começo da nossa relação, eu era bancária e estudava Direito; de repente, a minha vida profissional mudou de rumo e encarei o desafio de trabalhar como modelo e com a TV. Ele sempre esteve ao meu lado e me apoiou em tudo na minha vida e teve um papel muito importante nas minhas decisões.

Quais seus projetos futuros? Além de continuar com o trabalho de modelo, desejo conquistar meu grande sonho que é apresentar um programa esportivo e sei que tenho que subir muitos degraus até alcançar esse objetivo. Pretendo aprender bastante sobre o jornalismo esportivo, passando por todas as áreas da profissão, como por exemplo, fazer reportagens, escrever textos esportivos, enfim, tudo que envolve o esporte me interessa muito. Só consigo imaginar o meu futuro profissional apresentando um programa esportivo. Tenho como referência a grande e talentosa jornalista, Glenda Kozlowski - admiro a naturalidade e o despojamento com que ela se expressa ao apresentar um programa.
Fotos: João Mário Nunes
Tratamento de imagem: Jorge Souza
Agradecimento: Fabiana Gomes – GMP Assessoria de Imprensa
Agradecimento especial a Ana De Biase
Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App Store

Um comentário:

  1. TIPO A APRESENTADORA DO GLOBO ESPORTE EDIÇÃO NACIONAL , CRISTIANE DIAS , QUE ESTA ALAVANCANDO EM ALTA A AUDIÊNCIA DO PROGRAMA COM SUA PRONÚNCIA RÁPIDA , ELEGANTE , E DE BELO VISUAL .

    ResponderExcluir